Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desfalques podem prejudicar semestre do Flamengo

Com praticamente um time inteiro no departamento médico, o Flamengo vai pegar uma sequência de jogos importantes e decisivos para o seu primeiro semestre. Tanto na Taça Rio como na Copa Libertadores, o Rubro-Negro pode definir a sua sorte nas duas próximas semanas, quando tropeços têm tudo para comprometerem o planejamento do clube da Gávea.

Pelo torneio continental, o Flamengo entra em campo nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), para receber o Emelec, do Equador, no Engenhão. Exatamente uma semana depois acontece o duelo diante do Olímpia, do Paraguai, no mesmo local. Como empatou por 1 a 1 com o Lanús, na Argentina, em sua estreia no Grupo 2, o Rubro-Negro necessita vencer seus dois compromissos.

Pelo Campeonato Carioca, o Flamengo está fora da zona de classificação para as semifinais, atrás do Botafogo e até de equipes de menor investimento, como Resende e Macaé. Para piorar ainda mais o quadro, no próximo domingo, às 18h30(de Brasília), o duelo será o clássico contra o Fluminense no Engenhão.

‘Vamos precisar conviver com essa realidade de lesões em um momento muito complicado para o clube. Nós temos um jogo dificílimo contra o Emelec nesta quinta-feira, com a obrigação de vencer para ficar assumirmos a liderança. Depois tem o Olimpia, que é outra pedreira. No meio disso tudo um clássico contra o Fluminense onde também não podemos pensar em perder. Depois pelo Carioca ainda vem duas partidas longe do Rio de Janeiro e tem o clássico com o Vasco. Por isso tudo é um momento muito complicado, mas que vamos precisar atravessar’, disse Joel.

O atacante Vagner Love concorda com o comandante: ‘Vamos sentir falta dos jogadores que não poderão atuar, pois são atletas de grande qualidade. Mas precisamos acreditar em quem estará em campo defendendo o Flamengo neste momento tumultuado. Nós precisamos fazer o máximo a nossa parte dentro de campo, já que estamos brigando em duas frentes e queremos ir bem em ambas’.

Já estão fora do jogo de quinta-feira o goleiro Felipe, que teve uma concussão cerebral na vitória por 2 a 1 sobre o Duque de Caxias, o volante Renato Abreu, que descobriu estar sofrendo com um problema cardíaco, e os volantes Willians, que se recupera de uma torção no tornozelo direito, e Aírton, que se submeteu a uma cirurgia por conta de fratura no pé esquerdo. O lateral direito Leonardo Moura, com lesão no joelho direito, o volante chileno Maldonado, com dores no joelho esquerdo, e o meia Camacho, com uma entorse no tornozelo direito, serão reavaliados.

Neste cenário, Joel Santana está sendo obrigado a apelar a atletas muito jovens, que não seriam titulares em condições normais. Casos do goleiro Paulo Victor, do lateral direito Galhardo, dos volantes Luiz Antônio e Muralha, dos meias Camacho e Thomás e do atacante Negueba. A equipe que enfrenta o Emelec será definida apenas após o treino desta quarta-feira, que vai anteceder ao início do período de concentração.