Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depois de três anos, líbero Serginho volta à seleção brasileira

O jogador, considerado um dos melhores da história na posição, foi convocado para a Liga Mundial de vôlei de 2015

Fora do time desde a derrota para a Rússia por três sets a dois, na final da Olimpíada de Londres, em 2012, o líbero Serginho vai voltar à seleção brasileira de vôlei, aos 39 anos. O jogador está na relação de 25 atletas convocados pelo técnico Bernardinho para a Liga Mundial, anunciada nesta segunda-feira. O torneio acontece entre os dias 15 de maio de 19 de julho, e o Brasil estreia no dia 14 de julho. A competição será um dos últimos testes para a definição do time que disputará os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.

Leia também:

CBV confirma cirurgia do líbero da seleção Serginho

Rio-2016: vôlei é o esporte mais procurado na 1ª semana de vendas

CBV volta atrás e Brasil receberá a Liga Mundial de vôlei

Bernardinho revela ameaça de Ary Graça a Bruninho

Serginho é o líbero que soma mais títulos na história do vôlei mundial. O jogador tem três medalhas olímpicas (um ouro, em 2004, na Grécia e duas pratas, em 2008, na China e em 2012, na Inglaterra), duas Copas do Mundo (2003 e 2007) e sete títulos de Ligas Mundiais, pela seleção brasileira.

“Vamos fazer alguns testes e trabalhar alguns jogadores para fechar o grupo de 2016. O próximo ano será de definição absoluta. Os últimos testes serão feitos em 2015”, explicou Bernardinho. A Liga Mundial é a principal competição da temporada para a seleção brasileira masculina de vôlei, que não disputará a Copa do Mundo. O time também tem na programação os Jogos Pan-Americanos, em Toronto, no Canadá, e o Campeonato Sul-Americano.

Com 25 atletas convocados para os treinos da Seleção, Bernardinho trabalhará com dois grupos diferentes. A base da equipe principal será mantida para as partidas da Liga Mundial, mas atletas do time B do Brasil, inicialmente preparando-se para o Pan-Americano e o Sul-Americano, podem ser convocados para algumas partidas.

(Com Agência Gazeta Press)