Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depois de segunda cirurgia, Júlio Baptista quer voltar à velha forma

Quando jogou no Sevilla e no Real Madrid, Júlio Baptista ficou conhecido na Espanha como ‘La Bestia’ (a Fera), pelo vigor físico que sempre apresentou. No último ano e meio, porém, o ex-jogador da Seleção Brasileira vive situação atípica, convivendo com lesões graves.

Nesta terça, o jogador foi operado de uma ruptura parcial do tendão de Aquiles do pé direito depois de ficar nove meses fora por uma fratura no pé. O meia do Málaga, apesar de triste com as seguidas contusões, não deixa que elas diminuam sua confiança.

‘Em toda minha carreira, tive pouquíssimas lesões e infelizmente foram as últimas três, no Málaga. É um momento difícil, que não imaginava um dia passar, mas estou pronto para enfrentar as barreiras. Sou profissional, tenho que entender esse momento e trabalhar muito para voltar logo a campo’, disse.

Júlio Baptista foi realizou a cirurgia na cidade de Condal, na Catalunha, com o mesmo médico que cuidou da fratura de David Villa, astro do Barcelona. A expectativa é que receba alta na sexta-feira e já inicie a recuperação sob os cuidados do departamento medico do Málaga.

O jogador ainda aproveitou para tranqüilizar torcida, que tem dado muito apoio, e diretoria do clube, assegurando que voltará na melhor forma.

A última partida de Júlio Baptista pelo Málaga foi em outubro de 2011, quando o jogador de 30 anos marcou o gol mais bonito do Campeonato Espanhol e da vitória da equipe por 3 a 2.

Em 22 jogos pelo Málaga, o meia marcou 15 gols. Na temporada 2004-05, quando defendeu o Sevilla, Júlio Baptista foi vice-artilheiro do Campeonato Espanhol ao lado de Fernando Torres, com 20 gols, e somente atrás de Ronaldo.