Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depois da medalha de ouro, Arthur Zanetti vira popstar

Campeão olímpico chegou ao Brasil nesta quinta e quase sumiu entre os jornalistas

Sobrou jornalista, câmera, fotógrafo, na chegada do mais novo ídolo do esporte, o medalhista de ouro nas argolas, Arthur Zanetti, de 22 anos, ao Brasil, nesta quinta-feira. O avião pousou pouco depois das 6h em Guarulhos e no saguão a imprensa se espremia à espera de Zanetti, em meio a alguns familiares e muito poucos torcedores de São Caetano, cidade onde o atleta mora e treina. Ele se tornou estrela ao superar o chinês Yibing Chen, ex-campeão olímpico, e conquistou a primeira medalha do Brasil na modalidade, numa apresentação que beirou a perfeição. “Ele é muito simpático, e também tímido”, disse o pai Archimedes Zanetti, bem mais alto que o filho de 1,56 metro e braços musculosos. Apesar de quase afogado pelas câmeras e jornalistas, Arthur não tirou um segundo o sorriso do rosto.

Leia também:

Leia também: Zanetti, o campeão discreto, promete não perder seu foco

Os primeiros a chegarem ao aeroporto local foram os tios, ainda sem saber extamente o quanto significa a conquista da medalha. O medalhista demorou pouco mais de uma hora para aparecer no saguão de desembarque e imediatamente a polícia do aeroporto reforçou a escolta para levá-lo a um taxi. Zanetti deu um beijo na namorada Juliana, alguns centímetros mais alta, e acenou para a família – quase em catarse de felicidade. Leia também: Zanetti revela o segredo para ganhar o ouro: ‘Fiz o simples’ Estreando em situações de tumulto e confusões entre policiais e fotógrafos, Arthur Zanetti e seu técnico Marcos Gotto deram entrevista no hotel ao lado do aeroporto. Calmo, Zanetti agradeceu o apoio da torcida e disse que os treinos para a Olimpíada de 2016, no Rio, começarão nesta sexta-feira. “O ano ainda não terminou, ainda tenho algumas competições…” – neste momento, uma tia dele sentada na segunda fileira tentava fazer um agrado: “O que você quer comer, pode dizer, a tia faz… Pode pedir qualquer coisa que eu faço”. A cada pergunta que respondia, Zanetti era aplaudido pela família, enquanto o pai segurava duas bandeiras do Brasil. A namorada foi convencida a tirar algumas fotos a seu lado depois de muita insistência. Em São Caetano, a programação de Zanetti tinha lista um passeio em carro de bombeiros e sessão de autógrafos no clube em que treina. E amanhã logo cedo alongamento, aquecimento, corrida, musculação e exercícios nas argolas o dia todo… Leia também: – O dia a dia dos jogos pela equipe de VEJA em Londres – As últimas informações da Olimpíada – Exclusivo: em imagens , os Jogos que você não vê