Clique e assine com 88% de desconto

Denis faz inédita defesa de pênalti e evolui durante lesão de Ceni

Por Da Redação - 17 jul 2012, 12h03

O jogo contra o Vasco, nesta quarta-feira, pode ser o último de Denis antes de devolver a titularidade do gol são-paulino a Rogério Ceni, em recuperação de cirurgia no ombro direito sofrida em janeiro. No domingo, o reserva provou como o período jogando lhe fez bem: o camisa 22 defendeu seu primeiro pênalti no empate com o Palmeiras.

‘É o primeiro pênalti que pego como profissional. Fiquei muito feliz por ter ajudado a nossa equipe’, disse o goleiro, que sabia o histórico de Valdivia nas cobranças e acertou o canto direito para fazer uma defesa que, ao menos, evitou a derrota – naquele momento, o Tricolor vencia por 1 a 0.

‘Tive uma parcela boa de ajuda para que não saíssemos de campo derrotados’, falou Denis, recusando-se a concordar que o time não perdeu só por sua causa, embora tenha feito outras boas defesas ao longo do clássico. ‘Foi uma das minhas melhores partidas. Fiz defesas importantes, ajudando a equipe do São Paulo’, comemorou.A atuação, somada à boa apresentação diante dos reservas dos Coritiba na rodada anterior, comprova sua melhora. ‘Sou um goleiro diferente daquele de três anos e meio atrás, que estreou contra a Portuguesa. Estou um pouco mais experiente. Evolui bastante e isso vai me ajudar ainda mais’, apostou, feliz por ter atuado durante todo um semestre.

‘Melhorei bastante dentro de campo, no entrosamento com a equipe e no ritmo de jogo, que para o goleiro é muito importante – e tive maior sequência. Mas vou melhorar até me aposentar. Tenho que melhorar em muitas coisas para conquistar muitos títulos, que é o que mais quero’, afirmou o goleiro formado pela Ponte Preta e que ainda não foi campeão como profissional.

Publicidade