Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Denilson se desculpa após expulsão contra o Ceará: ‘Não sou violento’

Expulso de dois dos cinco jogos que disputou com a camisa do São Paulo, o volante Denilson pediu desculpas ao torcedor nesta quinta-feira, após a derrota diante do Ceará em Presidente Vargas, no duelo válido pela primeira fase da Copa Sul-americana. Segundo o jogador, as duas expulsões em menos de 20 dias foram meras casualidades.

‘Tenho apenas um cartão vermelho em seis temporadas na Inglaterra. Os dois primeiros amarelos que originaram as expulsões nem merecidos foram. O Inglês e o Brasileiro têm arbitragens diferentes, mas isso não tem a ver com adaptação. Não sou um jogador violento’, garante Denilson, expulso no jogo contra o Coritiba por reclamar da decisão do árbitro e diante do Ceará após acertar as duas pernas do atacante Osvaldo em uma entrada dura.

Após o revés contra o time cearense, por 2 a 1, com um gol sofrido no último minuto da partida, Denilson pediu desculpas pelo resultado negativo fora de casa. ‘Estou muito triste por tudo que aconteceu. Mal consegui dormir esta noite. Peço desculpas e aproveito para agradecer o apoio do torcedor e dos meus companheiros’, disse.

‘Garanto que minha história no São Paulo será muito diferente do que vem acontecendo neste recomeço. Quero sempre dar o melhor por este clube’, finalizou o volante. O próximo jogo do São Paulo diante do Ceará está marcado para o dia 24 de agosto, no estádio do Morumbi.