Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Del Bosque: ‘Foi uma eliminação justa. Holanda e Chile foram melhores’

O treinador espanhol disse que faltou sorte à equipe. Casillas, o capitão, pediu tempo para pensar no futuro

Após a eliminação da Espanha na Copa do Mundo com a derrota por 2 a 0 para o Chile nesta quarta-feira, o goleiro Iker Casillas declarou que não é o momento de falar sobre uma renovação da equipe. “Agora é olhar para o futuro e continuar com essa seleção. Não é hora de falar de mudanças.” O capitão espanhol também admitiu a culpa pela derrota. “Tentamos fazer todo o possível para manter a esperança, mas não conseguimos. É preciso pedir desculpas, somos os maiores responsáveis pela derrota. Estamos doídos e tristes.” Com a desclassificação, a seleção espanhola igualou a marca negativa da França de 2002 e da Itália de 2010 de equipes que não passaram da primeira fase na Copa seguinte ao título.

Leia também:

Espanha é eliminada da Copa com segunda derrota, agora para o Chile

Torcedores chilenos invadem centro de mídia do Maracanã

Holanda surpreende e vence Espanha com goleada humilhante

Imprensa espanhola se espanta com goleada da Holanda

O treinador Vicente del Bosque seguiu o discurso de Casillas e admitiu que o momento não é o melhor para os espanhóis. “Quando acontece algo numa Copa num jogo tão importante como esse, é claro que existem consequências. Mas, eu não gostaria de falar sobre isso. Nós tempos tempo para planejar o futuro e determinar o que faremos com a seleção, incluindo comigo. Temos de ter calma para tomar decisões.” Sobre o jogo, o treinador disse que a derrota foi justa: “Foi uma eliminação justa. Holanda e Chile foram melhores. O que podemos dizer é que não faltou caráter e vontade de ganhar – o que nos faltou foi sorte”.

(Com agência de notícias ANSA)