Clique e assine com até 92% de desconto

‘Dei glória a Deus porque não fui para a Copa’, diz Robinho

Atacante do Santos brincou ao comentar sobre a goleada de 7 a 1 sofrida pela seleção brasileira diante da Alemanha na semifinal

Por Da Redação 4 mar 2015, 11h29

O atacante Robinho, do Santos, parece não guardar mágoas por não ter disputado a Copa do Mundo em 2014. Em entrevista ao programa The Noite, do SBT, transmitida na noite desta terça-feira, o jogador abusou do bom humor e disse que ficou até feliz por não ter sido convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari depois de assistir à goleada por 7 a 1 da Alemanha nas semifinais.

Leia também:

Dante diz que foi vítima de bullying dos alemães após 7 a 1

Parreira compara 7 a 1 ao 11 de Setembro: ‘Parecia ficção’

As marcas incríveis dos alemães no massacre do Mineirão

“Graças a Deus me livrei, porque o Brasil não foi tão bem. Com o passar do tempo, dei glória a Deus porque não fui”, brincou o atacante, que disputou as Copas de 2006 e 2010. Ele ainda comentou o fato de sua figurinha ter feito parte do álbum oficial da Copa. “Todo mundo me sacaneia por causa dessa história da figurinha.Tem que dar uma ligada pro Felipão para ele explicar, eu também achei que eu fosse ser convocado.”

Em tom mais sério, Robinho disse ter sofrido com a derrota para a Alemanha no Mineirão e afirmou que entendeu as escolhas do treinador. “Fiquei muito triste, como qualquer torcedor, estava assistindo com minha família, ninguém esperava perder desse jeito. Mas não guardo mágoa, futebol é assim, respeito os jogadores convocados e o Felipão.”

Sobre o seu futuro, o atacante, que tem contrato até junho de 2016 com o Milan, mas está emprestado ao Santos até o meio do ano, revelou que já está conversando com a diretoria santista para prolongar o acordo. Aos 31 anos e em boa fase, Robinho foi convocado por Dunga no ano passado e disse ainda ter esperanças de chegar à Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade