Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Defesa de Pistorius apela contra condições de fiança

Em programa da tv britânica, um amigo diz que Pistorius está à beira do suicídio

Os advogados do sul-africano Oscar Pistorius entraram com recurso em um tribunal da África do Sul contra as restrições da fiança impostas ao atleta, acusado de premeditar o assassinato da namorada, a modelo Reeva Steenkamp, dia 14 de fevereiro, morta a tiros. Pistorius está na casa de seu tio Arnold, nos arredores de Pretória, desde que foi colocado em liberdade sob fiança em 22 de fevereiro, ao pagar 1 milhão de rands (cerca de 215.000 reais). O atleta defende que atirou em Reeva pensando que se tratava de um invasor na sua casa, enquanto a promotoria acredita que ele matou intencionalmente após uma discussão.

Leia também:

Pistorius nega publicação de tuíte agradecendo apoio

Oscar Pistorius ganha direito de ficar livre até o julgamento

Oscar Pistorius: confiante, promotor aposta em longa pena

Na apelação, os advogados de Pistorius reclamam da exigência de entrega de passaporte e defendem que o atleta mostrou não ser um risco para a sociedade. Os advogados também disseram que “não há base de fato ou de direito” para justificar que Pistorius seja supervisionado por oficiais de justiça, que o visitam na casa do tio pelo menos quatro vezes por semana. Ainda entre as restrições de fiança estão a proibição de consumo de álcool e substâncias ilegais, mesmo que Pistorius não tenha a intenção de usá-los. Ele também está proibido a deixar a região de Pretória sem permissão oficial.

Leia também:

Nike evita condenar Pistorius, mas suspende contrato com corredor

Testemunha relata briga e desmonta a versão de Pistorius

Pistorius, ‘apaixonado’ por Reeva, relembra noite de ‘horror’

Suicídio – Pistorius está em liberdade, mas um amigo do atleta declarou em documentário da rede BBC de televisão que o atleta não está bem. “Depois de conversarmos, diria que ele é um homem arrasado e que está à beira do suicídio. Isto realmente me preocupa”, disse Mike Azzie, no programa que deve ser apresentado nesta segunda-feira, com o título de Pistorius: o que realmente aconteceu. Não há confiança alguma no tom de sua voz. Ele leva qualquer um a pensar que dá voltas sem saber para onde ir. Ele fala com frequência de Reeva e pede que rezem por ela e por sua família.”

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com AFP e Estadão Conteúdo)