Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Deco esquece lesões e planeja cumprir contrato com o Flu até o fim

Por Da Redação - 6 out 2011, 14h17

Após se recuperar de lesão, o meia Deco vem se destacando nas partidas do Fluminense e deve ganhar chance entre os titulares no clássico contra o Flamengo, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador chegou na temporada passada no Tricolor e sempre conviveu com problemas físicos. Mas, com os exercícios de prevenção que vem realizando nos treinamentos, o luso-brasileiro acredita que deve manter uma sequência de partidas.

‘Infelizmente, as lesões foram meu problema aqui. Quando joguei, consegui dar conta do recado. Por causa das lesões não consegui dar sequência nas partidas. Não vejo falta de adaptação ao futebol brasileiro, existem diferenças, mas não foi isso. Agora estou fazendo exercícios para prevenir as lesões e vamos ver a partir de agora. Nunca me preocupei com isso e sempre procurei dar o máximo para ajudar o Fluminense a buscar as vitórias. É claro que quando você não consegue a sequência, acaba sendo cobrado’, disse à Rádio Brasil.

Deco comparou seu caso com o de Adriano e Luís Fabiano. Mesmo sem dar nomes, o meia afirmou que atuou bastante antes de começar a sofrer com as lesões. Além disso, ressaltou que o Fluminense não pagou nada para contratá-lo em 2010.

‘Teve gente que foi contratada por grandes clubes e ficou mais tempo que eu fora do time. Muitas vezes gastam milhões e acontece isso. No meu caso, o Fluminense não gastou nada. Eu vim de graça para cá. Esse tipo de notícia vem da imprensa, que um pequena parte pega esses fatos ruins para fazer isso. Em sua maioria, sei que todos torcem para que os grandes jogadores voltem a jogar’, declarou.

Publicidade

Para finalizar as especulações sobre uma antecipação do fim da carreira, Deco afirmou que pretende ficar no clube até o fim do seu contrato, em dezembro de 2012. O jogador quer seguir brigando por títulos com o tricolor.

‘As lesões fazem parte do futebol. Algumas acontecem com qualquer um, mais novos ou não, outros a gente dá para prevenir com exercícios todo o dia. Quero ficar no Fluminense até o fim do meu contrato e seria melhor se conseguisse permanecer em grande nível. Além disso, quero buscar títulos, que sempre é bom’, finalizou.

Publicidade