Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deco diz recusar salário para evitar ‘encheção de saco’

Por AE

Rio – O meia Deco, em recuperação de lesão muscular do time do Fluminense, comentou nesta sexta-feira sobre sua decisão de pedir para não receber salário. Segundo o luso-brasileiro, que ficou grande parte de sua passagem pelas Laranjeiras no estaleiro, sua atitude foi para evitar as críticas, que definiu como “encheção de saco”.

“No Brasil, há a sensação de que quem trabalha é ladrão. Receber bem pelo que você faz é um crime aqui. Quis fazer isso para eu poder seguir este ano sem encheção de saco”, desabafou Deco.

“Se acaso tiver lesão, prefiro que não me paguem. Não acho que é o correto, já deixo bem claro. Nenhum jogador tem que fazer isso, porque não está roubando de ninguém. Fiz isso por uma questão minha, pessoal”, comentou o meia ao programa Zico na Área, do Esporte Interativo.

Desde que chegou ao Tricolor, o time disputou 72 jogos, mas Deco só esteve em campo em 30 (42%) e marcou apenas dois gols. Mesmo fora de ação, ele é valorizado pelo restante do elenco como uma referência e uma liderança.

O técnico Abel Braga confirmou nesta sexta-feira o time que vai a campo contra o Bahia, domingo, em Pituaçu. Sem mistérios, Abel adiantou que Wallace e Rodrigo substituem Mariano e Diogo, suspensos. Fred, cortado da seleção brasileira por lesão, foi poupado do treino desta sexta, mas está confirmado para a partida.