Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Decepcionado, Marcão reconhece briga contra rebaixamento

Assim como a maioria dos times que vêm da Série A, o Goiás era tido como um dos grandes favoritos ao acesso na segunda divisão deste ano e retorno para a elite do futebol nacional. A má campanha recente e alguns tropeços em casa, como a derrota para o Salgueiro na última sexta, porém, fizeram o discurso no Esmeraldino mudar.

Decepcionado com a flata de inspiração da equipe, principalmente nos momentos em que podia sonhar com algo melhor em sua campanha, o zagueiro Marcão foi taxativo quanto ao objetivo para as últimas rodadas: brigar para não cair.

‘O nosso time era um dos favoritos a subir, mas hoje temos que assumir que a nossa realidade é outra. Vamos brigar pra permanecer, não podemos esconder isso. Pelo que a gente está apresentando,sabemos que está muito difícil’, disparou.

O defensor ainda fez questão de eximir o técnico Ademir Fonseca de culpa pela má fase recente, deixando para os atletas do elenco a responsabilidade de ‘dar a cara para bater’.

‘Nós jogadores temos que dar a cara pra bater. Estamos em um grande clube e a cobrança é grande. Cada um tem que rever o que está deixando a desejar e vamos ter que nos unir ainda mais pra sair dessa situação’, concluiu.