Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

De novo fora, Kaká não é descartado por Mano: ‘Vai depender do momento’

Por Da Redação 1 jan 2012, 13h22

Assim como nas outras convocações que fez, o técnico Mano Menezes mais uma vez não chamou Kaká para integrar o grupo da seleção brasileira.O treinador, porém, indicou que, dependendo do desempenho do meia no Real Madri, pode chamá-lo para os futuros compromissos do Brasil.

‘Continua valendo para o Kaká o que eu falei a um ano atrás. Não estamos na etapa de encontrar jogadores confiáveis e com capacidade para estar em um momento de transição. Isto ainda temos um tempo para fazer. Então vai depender de sua produção e do seu momento como jogador. Não há necessidade de colocá-lo a prova novamente. Temos parâmetros e basta que ele esteja próximo desta referência’

Kaká não veste a camisa da seleção desde o dia 2 de julho de 2010, quando o Brasil perdeu para a Holanda e foi eliminado da Copa do Mundo da África do Sul. Após o Mundial, o jogador ficou seis meses afastado dos gramados por conta de uma lesão no joelho. Agora, no entanto, o meia está recuperado e já participa de amistosos da pré-temporada do Real Madrid.

E apesar de Kaká se mostrar recuperado, para a partida contra a Alemanha, em 10 de agosto, Mano Menezes optou por chamar Paulo Henrique Ganso (Santos), Fernandinho (Shakhtar Donetsk), Lucas (São Paulo) e Renato Augusto (Bayer Leverkusen) para o setor de armação. A pouca experiência dos quatro com a camisa da seleção brasileira, no entanto, não é vista como problema para o treinador.

‘Fazer essa mescla entre jogadores novatos e experientes é o caminho correto, sempre foi. Exatamente para conseguirmos suportar os momentos difíceis que existem em qualquer competição’, analisou Mano.

Continua após a publicidade
Publicidade