Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Davis: Rogério Dutra vence e Brasil faz 1 a 0 no Equador

Buscando vaga na repescagem do Grupo Mundial, o brasileiro fez 3 sets a 0 em Julio Cesar Campozano, parciais de 6/4, 2/6, 6/4 e 6/4

O Brasil abriu a disputa com o Equador pela final do Zonal Americano da Copa Davis, que dá uma vaga na repescagem do Grupo Mundial – a elite do tênis -, com vitória. Nesta sexta-feira, em Guayaquil, no Equador, Rogério Dutra Silva derrotou Julio Cesar Campozano por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6, 6/4 e 6/4, em 3 horas e 16 minutos. Agora, o brasileiro soma cinco vitórias em sete partidas da Davis – as duas derrotas foram no confronto com a Alemanha, no ano passado.

Leia também:

Federer retoma 4º lugar do ranking. Nadal segue líder

ATP antecipa data do Brasil Open para temporada 2015

Campozano começou melhor a partida e abriu 4/2 com uma quebra de serviço no sexto game. Porém, Dutra reagiu e venceu quatro games seguidos para fechar o primeiro set. Na segunda parcial, o equatoriano dominou o brasileiro e venceu fácil por 6/2. Em vantagem após vencer o terceiro set, Dutra abriu 3/1 na última parcial, Campozano tentou uma reação mas perdeu um saque e foi derrotado. Ainda nesta sexta, Guilherme Clezar vai enfrentar o equatoriano Emilio Gómez na segunda partida de simples.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Suíça x Cazaquistão – O suíço Stanislas Wawrinka foi surpreendido, em Genebra (Suíça), nesta sexta-feira, por Andrey Golubev, do Cazaquistão, que venceu por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 6/2, 3/6 e 7/6 (7/5). Em seguida, porém, Roger Federer confirmou o favoritismo diante de Mikhail Kukushkin ao vencer por 6/4, 6/4 e 6/2, e empatou o confronto entre os países.

(Com Estadão Conteúdo)