Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Carvalho volta atrás após revelar doping

Por Daniel Batista

São Paulo – Poucas horas depois de afirmar que tomou anabolizantes quando ainda atuava pelo CSKA Moscou, da Rússia, o meia Daniel Carvalho, agora do Palmeiras, voltou atrás. Na tarde desta segunda-feira, ele divulgou nota oficial para negar que tivesse conhecimento de que se tratava de anabolizante, o que, garante, ainda não sabe com exatidão.

“Gostaria em primeiro lugar de deixar claro que não fui obrigado a tomar nada na época em que joguei no CSKA. Eu tomava os mesmos suplementos alimentares que os demais atletas tomavam normalmente, ninguém era obrigado a nada”, diz a nota assinada por Daniel Carvalho.

“Com relação às injeções, quando eu soube que a substância ia direto para o coração, parei de tomar. Não sei se era anabolizante. Não tenho conhecimento médico para isso. Se era, trata-se de algo de quase dez anos atrás e está superado. Se não era, peço desculpas aos russos pelas palavras mal colocadas”, completou.

Pela manhã, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN, o discurso havia sido outro. Ao explicar o seu peso, Daniel Carvalho afirmou que tomou anabolizantes quando chegou no futebol russo, há oito anos, aos 20 anos, e ganhou massa muscular que hoje não consegue mais perder.

“Não tenho dificuldade para entrar em forma. Saí com 20 anos do Brasil bem magrinho, fininho. Fiquei seis, sete anos lá fora. Na Rússia, onde eu fiquei seis anos, não tem exame antidoping, então, infelizmente, quando cheguei no CSKA, me achavam muito magrinho e me deram anabolizantes. Eu não sabia o que eu estava tomando, eram injeções que em seis meses me fizeram engordar oito quilos. Isso fez eu crescer e nunca mais voltar a ser aquele jogador que saiu do Internacional”, declarou, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

De acordo com o jogador, para chegar à melhor forma física ele precisará perder apenas mais “um ou dois quilos”. “O pessoal quer me comparar com aquele Daniel que saiu do Brasil, mas não tem como. Eu tinha 20 anos, hoje tenho 28. No máximo posso dizer que tenho que perder um ou dois quilos, mas não tenho como perder mais que isso. Já perdi bastante peso nestas últimas duas semanas e meia. O torcedor e a imprensa precisam se acostumar com esse Daniel”, afirmou na entrevista à rádio.