Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Carvalho prefere Atlético-MG jogando mal, mas vencendo

Autor do gol do Atlético-MG no empate contra o Flamengo, o armador Daniel Carvalho sabe da necessidade de o Galo somar pontos com urgência no Campeonato Brasileiro, e por isso defende a tese que melhor que jogar bonito é ganhar. Segundo ele, não importa como será atuação da equipe, desde que no final o Atlético-MG conquiste os três pontos.

‘Estamos nos complicando, sabemos disso, mas temos que pegar de lição as coisas boas que a gente fez. Creio que fizemos uma boa partida, mas é como já conversamos entre nós, não adianta fazer um bom jogo e não conseguir os três pontos. A gente prefere jogar feio e conseguir a vitória, até porque a situação do Atlético-MG é pontuar na tabela, e não jogar bonito’, declarou.

Segundo o jogador, como o Galo ainda não conseguiu emplacar uma boa sequência de vitórias é natural que exista uma cobrança crescente em cima da equipe.’Em todos os jogos, a pressão vai aumentando. Até porque vão diminuindo os jogos e o campeonato vai afunilando. Sabemos que temos que conquistar pontos e vitórias e que cada jogo que vem pela frente vai se tornando mais importante ainda’, disse.

Questionado sobre o Internacional, próximo adversário da equipe mineira, Daniel Carvalho afirmou que o momento é de primeiro montar o time do Galo, que terá vários desfalques.

‘Não podemos pensar no Inter. Temos que pensar nos problemas que a gente tem. Não vamos ter Pierre nem Serginho, então, de repente, o Cuca vai ter dificuldade para montar a equipe. Mas temos que pensar no Atlético-MG, no nosso grupo e na vitória. Independentemente de quem jogue contra o Inter, sabemos que temos que conquistar a vitória’, concluiu.