Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Alves diz ser menosprezado no Barcelona

Lateral admite que dificilmente renovará contrato ao fim da temporada

Daniel Alves voltou a ter boas atuações e tem chances de conquistar três títulos em 2015, mas sua história no Barcelona parece bem próxima do fim. Nesta segunda-feira, o lateral brasileiro concedeu entrevista coletiva e disse se sentir menosprezado pelos dirigentes do clube. Ele não falou em despedida ao fim da temporada, mas admitiu pessimismo com uma possível renovação de contrato. Daniel Alves, de 32 anos, tem propostas de outros grandes clubes da Europa. “Não vou nem comparar as ofertas que recebi com a que o Barcelona fez, porque o time que me deu tanta alegria perderia de goleada.”

Leia também:

Técnico do Barcelona vê Neymar no nível de Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho

Xavi Hernández: o adeus de um símbolo do Barcelona

Daniel Alves usa tênis de ursinho – e Messi coloca nas redes

No clube desde 2008, Daniel Alves disse que as dificuldades para renovar não passam apenas pela questão financeira. “Este ano aguentei muitas coisas, escutei muitas besteiras. Faltaram com respeito e tenho um limite. Não estou pensando em dinheiro, quero apenas ser valorizado pelo que fiz no clube. Nenhum jogador fez mais do que eu nesta posição e não vou aceitar que desmereçam tudo que fiz por essa camisa.” Ele disse estar “200% junto de seus companheiros”, mas nem 10% dentro do clube.

Em outro momento da entrevista, Daniel Alves se negou a responder uma pergunta do jornal Marca, de Madri. “Lixo, não respondo ao Marca. Sinto muito por você, mas só por você”, disse ao jornalista do diário.

Depois de celebrar mais um título espanhol, Daniel Alves terá a chance de conquistar mais dois troféus: neste sábado, o Barcelona disputa a final da Copa do Rei contra o Athletic Bilbao, e no dia 6 de junho encara a Juventus, na final da Liga dos Campeões, em Berlim. “Tenho contrato até 30 de junho e só penso em desfrutar das finais e fazer o melhor que posso. Tenho sonho e desejo, espero que voltemos a fazer história.” Ele já conquistou 17 títulos pelo clube.

(Da redação)