Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Alves dá chilique e Neymar discute com torcedor em vitória do Barcelona

Brasileiros não brilharam diante do City e deixaram o Etihad Stadium irritados

Apesar da vitória por 2 a 1 sobre o Manchester City no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, nem todos os jogadores do Barcelona deixaram o gramado do Etihad Stadium contentes nesta terça-feira. Os brasileiros Daniel Alves e Neymar, que tiveram atuações discretas, se irritaram no fim e perderam a compostura: primeiro o lateral se irritou ao ser substituído e chutou uma garrafa de água diante de seus próprios companheiros. Já Neymar não gostou da provocação de um torcedor inglês e foi tirar satisfação com o garoto ao término da partida.

Leia também:

Messi e Piqué são flagrados em cassino de Barcelona

Nike de irrita com linha de calçados de Cristiano Ronaldo

Torcedor do Chelsea acusado de racismo dirige ONG de direitos humanos

O chilique de Daniel Alves chamou mais atenção, pois foi mostrado em vários ângulos durante a transmissão. Após a expulsão de Gael Clichy, do City, o técnico Luis Enrique decidiu preservar o lateral brasileiro, que já tinha cartão amarelo. Daniel, porém, não digeriu bem a sua segunda substituição consecutiva (também saiu na derrota contra o Málaga, após falhar no gol da vitória do adversário), e chutou uma garrafa à beira do campo, molhando companheiros da comissão técnica.

A discussão de Neymar foi registrada por câmeras amadoras nas arquibancadas. Após o apito final, o brasileiro se aproximou de um torcedor do City que gesticulava, em provocação à fama do brasileiro de simular faltas. Neymar encarou o jovem por alguns segundos, antes de ser contido por seguranças do estádio.

Além da dupla brasileira, o astro argentino Lionel Messi também deixou o campo irritado, pois desperdiçou um pênalti, defendido pelo goleiro Joe Hart, no último minuto da partida. O Barcelona venceu com dois gols do uruguaio Luis Suárez e joga por um empate ou até derrota por 1 a 0 no jogo de volta, dia 18 de março, no Camp Nou.