Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Alves critica Mourinho: ‘Somos campeões do mundo, e isso incomoda’

Barcelona, 20 dez (EFE).- O lateral Daniel Alves não poupou críticas nesta terça-feira ao técnico do Real Madrid, José Mourinho, por menosprezar as conquistas do Barcelona.

Após o título do Mundial de Clubes, o treinador português criticou o nível do torneio disputado no Japão ao dizer que o time catalão disputou ‘duas peladas’.

‘Sempre digo que Mourinho é uma pessoa que faz seu jogo e tenta desvalorizar o que os outros conquistam. Parece que só tem valor o que ele ganha. A inveja é muito ruim’, afirmou.

Durante a cerimônia de apresentação de uma pulseira solidária cujas vendas vão beneficiar crianças carentes de Juazeiro (BA), cidade natal do jogador, Daniel Alves foi enfático ao responder aos comentários de Mourinho.

‘O fato é que somos os atuais campeões do mundo e isso incomoda. Não nos importa o que acontece com o Real Madrid porque não nos sentimos inferiores a eles, e se você não se sente inferior a quem te critica, não te incomoda’, disse.

‘O que incomoda é que continuamente estejam desprestigiando o que fazemos. Sempre há um porém, um porquê, é a única coisa que não entendo. Mas como vejo que esta guerra está perdida, é dentro do campo onde tentamos ficar bem’, acrescentou.

O brasileiro só deixou de lado a rixa com o Real Madrid e seu técnico quando passou a comentar o ‘espetacular’ ano de sua equipe.

‘Não vamos reunir mais vezes jogadores com tanta qualidade, com tanta vontade de continuar a fazer os torcedores se divertirem, com a visão de seguir ganhando títulos. Às vezes faltam adjetivos para definir tantas alegrias e tanta honra de fazer parte deste clube’, declarou.

O lateral também não reservou palavras de elogio apenas a seus companheiros de time, mas também para seu treinador, Josep Guardiola.

‘O mérito que ele tem é de ter conseguido resgatar o futebol, que tinha deixado de ser um esporte no qual as pessoas se divertem responsavelmente para se focar nos resultados. Isso não era legal, não era vistoso. O que Josep fez foi recuperar essa mentalidade. Jogamos para ganhar, mas o que se recuperou foi a união de jogar bem e fazer as pessoas se divertirem’, afirmou.

Daniel disse esperar que o técnico fique por muitos anos à frente da equipe, por admitir que ela ‘não seria’ a que é sem ele.

‘Nosso principal objetivo é que ‘Pep’ fique aqui durante muito tempo, porque é o coração desta equipe, do clube’, declarou o lateral, que treinará com o time até o dia 22, e depois embarcará rumo ao Brasil para passar as festas de fim de ano.

Por fim, questionado sobre Neymar, o lateral abriu as portas do Barcelona para a joia santista.

‘Tomara que Neymar possa vir. Sempre lhe disse, ele está convidadíssimo para esta casa e, se dependesse de mim, o teria trazido, porque apresentaria algo diferente, algo especial’, disse.

‘Certamente é o melhor clube para ele desenvolver sua melhor versão’, afirmou Daniel Alves, deixando uma provocação ao Real Madrid.

‘(Os elogios de Neymar e do resto do mundo ao Barcelona) não veremos por parte do Madrid. Eles não têm humildade suficiente para fazê-lo’. EFE