Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dana: ‘Se Anderson vencer Diaz, disputará o cinturão’

Presidente do UFC avisa que brasileiro terá nova chance contra Weidman ou Belfort se passar por próximo adversário

Por Da Redação 8 jan 2015, 10h14

O lutador brasileiro Anderson Silva recebeu uma ótima notícia enquanto se prepara para seu retorno oficial ao UFC. O presidente da franquia, Dana White, revelou na noite desta quarta-feira que se o brasileiro vencer Nick Diaz no UFC 183, em Las Vegas, nos Estados Unidos, no dia 31 de janeiro, ele ganhará nova chance de recuperar o cinturão dos médios, que foi seu durante sete anos.

Leia também:

UFC: Jon Jones é pego no doping por uso de cocaína

UFC: Jon Jones diz que pretende ajudar Anderson Silva

Anderson Silva posa como Homem Aranha para retorno

“Esse mês será o melhor janeiro da história da companhia. Tivemos Jon Jones X Daniel Cormier e, agora, vamos esperar o vencedor de Alexander Gustafsson x Anthony Johnson, que vai enfrentar Jones ainda esse ano. Anderson Silva e Nick Diaz também vão lutar e, se o Anderson vencer essa luta, ele vai enfrentar o vencedor de Chris Weidman x Vitor Belfort”, afirmou Dana ao programa UFC Tonight.

Continua após a publicidade

Anderson Silva perdeu o cinturão dos médios em julho de 2013 para o americano Chris Weidman. Ele recebeu a chance da revanche em dezembro do mesmo ano, mas voltou a ser derrotado após sofrer uma grave fratura na perna esquerda após acertar um chute no oponente. O lutador de 39 anos não disputou nenhuma luta oficial desde então, mas afirmou em recentes entrevistas que se sente pronto para recuperar seu título.

Leia também:

Perto do retorno, Anderson impressiona em chutes

Anderson encara Jones, mas a portas fechadas

Anderson volta ao UFC renovado – e mais humilde

Dana White preferiu não apostar em um vencedor na próxima luta de Anderson e vê a questão mental como decisiva no duelo. “É uma luta muito interessante. Depois da lesão do Anderson, como será que ele vai estar mentalmente? Fisicamente, eu tenho certeza que ele estará em forma, mas será que vai voltar a chutar do jeito que fazia antes? Vocês sabem que sparring e treino é algo bem diferente de se entrar lá dentro para lutar. Quanto ao Nick Diaz, ele também não luta há um tempo. Não sei o que vai acontecer. Vamos ver.”

Dana White afirmou ainda que se Conor McGregor vencer sua luta contra o alemão Dennis Siver em Boston, o falastrão irlandês ganhará o direito de disputar o cinturão dos penas com o brasileiro José Aldo.

Continua após a publicidade
Publicidade