Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Cuca reclama de lance polêmico e acusa ‘falta de educação’ do juiz

Por Da Redação 25 set 2011, 19h47

O Atlético-MG mais uma vez não fez uma má partida, mas não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1 para o Inter na tarde deste domingo, no Beira-Rio. O lance do segundo gol deste revés, porém, foi alvo de uma série de reclamações por parte dos atleticanos e deve render muita discussão até a próxima partida.

Na oportunidade, D’Alessandro bateu falta na área mineira, Leonardo Silva raspou na bola e Fabrício apareceu na segunda trave para marcar. O bandeirinha anotou impedimento, mas o árbitro Péricles Bassols chamou a responsabilidade para si e validou o tento.

Triste com o resultado, o técnico Cuca não fez críticas tão duras ao lance especificamente, mas não perdoou a postura do juiz carioca.

‘Nós tivemos um lance igual a esse contra o Flamengo, em que o árbitro deu o gol e o bandeira anulou, mas o Paulo César Oliveira não chamou a responsabilidade para si como ele fez. O que eu tenho para reclamar desse árbitro é a postura dele, sempre mal educado comigo e com meus atletas. Já tinha acontecido isso contra o São Paulo’, apontou.

O foco agora, no entanto, é a recuperação do clube na tabela, já que uma saída da zona de rebaixamento vai ficando cada vez mais difícil.

Para piorar a situação do treinador, no confronto ante o Ceará, na próxima rodada, em duelo direto contra a degola, ele não terá a rpesença do zagueiro Réver, expulso por reclamação no lance do gol colorado.

Continua após a publicidade
Publicidade