Clique e assine com até 92% de desconto

Cuca admite jogo ruim, mas nega relaxamento e comemora liderança

Por Da Redação 15 abr 2012, 19h16

Atlético-MG e Tupi fizeram um jogo que não agradou aos torcedores presentes ao Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, e nem ao técnico Cuca. O treinador atleticano comemorou o fato de o Galo ter terminado a primeira fase do Campeonato Mineiro na liderança, mas admitiu que a partida contra o Carijó não foi boa.

‘O objetivo foi conquistado. Vencemos nove, empatamos duas, saímos em primeiro e temos a vantagem até a final, se a gente chegar lá. Foi um jogo atípico, depois de uma viagem, desgastante, gramado pesado, calor úmido, como é em Manaus e vencemos. Não fizemos um bom jogo, mas conseguimos a primeira colocação’, disse.

Questionado se as duas equipes teriam administrado o resultado do jogo, já que o empate favorecia Atlético-MG e Tupi, que atingiriam os objetivos, Cuca demonstrou irritação e garantiu que não houve nada com relação a isso. O treinador justificou que a marcação do Carijó foi bem feita e que o Atlético-MG não poderia arriscar uma pressão e ser surpreendido.

‘O Tupi ficou no campo deles, como eu vou para cima para tomar o contra-ataque e perder uma situação que o empate me dá? Eu marquei pressão e tentei tirar a bola. Quando tinha a bola, eles marcavam individual e muito bem marcado. A gente valorizou a posse de bola. Se isso não contenta a todo mundo, problema de quem não está contente. Fizemos um jogo limpo para vencer, não conseguimos, mas empatamos e está muito bom’, declarou.

Continua após a publicidade
Publicidade