Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

CT do Corinthians é invadido por grupo de 100 torcedores

Por Da Redação 1 fev 2014, 14h26

Atualizado às 17h15

O treinamento do Corinthians na manhã deste sábado no CT do clube foi afetado pela invasão de um grupo de cerca de 100 torcedores. Mesmo com o reforço da policial, os corintianos pularam um dos portões do local, e entraram no campo para protestar contra o atual momento ruim da equipe. De acordo com nota emitida pela direção do time, durante a ação funcionários foram agredidos, objetos roubados e o patrimônio do clube, “violado”. A diretoria informa ter registrado boletim de ocorrência no 62º DP de São Paulo. Após o episódio, jogadores cogitaram não entrar em campo neste domingo, contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, mas a direção afirma que a ideia já foi descartada.

Após entrarem à força, os torcedores fizeram dois buracos em um alambrado e tiveram acesso ao gramado. Os principais alvos dos corintianos eram os atacantes Alexandre Pato e Emerson Sheik. Ao ver a invasão, todos os jogadores e parte da comissão técnica se dirigiram a um local seguro, dentro do próprio CT corintiano.

Após iniciar a sua participação no Campeonato Paulista com duas vitórias, o Corinthians perdeu no último sábado para o São Bernardo por 1 a 0, no Estádio do Pacaembu, e acabou sendo goleado pelo Santos por 5 a 1, na última quarta-feira, na Vila Belmiro.

Esse último tropeço, especialmente, provocou a revolta dos torcedores. Fora da zona de classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista – é o terceiro colocado no Grupo B – e sob pressão, o Corinthians volta a entrar em campo neste domingo, às 17 horas, quando vai enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pela quinta rodada.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade