Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro vence filial e soma segundo triunfo no Campeonato Mineiro

No duelo da matriz contra a filial, o Cruzeiro levou a melhor vencendo por 4 a 2, no estádio Farião, em Divinópolis. A Raposa que tem vários atletas emprestados ao time da terra do calçado impôs um melhor futebol, e conquistou a segunda vitória no Campeonato Mineiro. O duelo adiado da primeira rodada ocorreu somente nesta quinta-feira, já que o estádio de Nova Serrana não foi aprovado pela FMF.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo avante Wellington Paulista, que aproveitou rebote de finalização do argentino Montillo e mandou para as redes do Nacional. O próprio Wellington Paulista voltou a marcar mais duas vezes e Wallyson fechou o placar para a Raposa.

Éder e Alessandro fizeram para a equipe de Nova Serrana. Com o resultado, o Cruzeiro chega a seis pontos e entra para o grupo dos quatro primeiros colocados, que avançam para próxima fase do Mineiro.

Na sequência do Campeonato Mineiro, o Nacional vai medir forças contra o América-MG, em jogo remarcado para o próximo dia 22, quarta-feira de cinzas, em partida da 3rodada, que será realizada novamente no estádio Farião, em Divinópolis. Já o Cruzeiro, vai a Valadares visitar o Democrata-GV dia 25, no Mamudão.

O jogo – No duelo da matriz contra a filial, o Cruzeiro iniciou a partida com maior posse de bola, mas encontrou dificuldades para penetrar na defesa do Nacional, que adotou a estratégia de atuar na retranca e tentar surpreender nas jogadas de contra-ataque. A tática funcionou durante algum tempo, mas o time da terra da calçado não resistiu à pressão.

Aos 18, Montillo conseguiu uma boa arrancada pela esquerda e finalizou cruzado, na sobra, o avante Wellington Paulista foi mais esperto que a defesa do Nacional e mandou para as redes, abrindo o placar no Farião. Após o gol, a Raposa passou a ter as rédeas do jogo, e mesmo sem fazer uma exibição de gala, não teve dificuldades para controlar a partida durante praticamente todo tempo.

Aos 27, o Cruzeiro teve chance de ampliar o marcador, depois que o lateral-direito Marcos fez boa jogada pela direita e cruzou para área, o goleiro Douglas conseguiu a antecipação e chegou primeiro que o ataque celeste. No minuto seguinte, nova chance para o Cruzeiro, com Wellington Paulista que recebeu lançamento de Roger, mas errou o alvo na hora da finalização.

Sem poder de reação, o Nacional só conseguiu chegar em falhas individuais dos jogadores do Cruzeiro, como aconteceu com o zagueiro Léo, que titubeou aos 33, mas o goleiro Fábio saiu nos pés do atacante Reinaldo Alagoano e consertou o erro. Nos minutos finais do primeiro tempo, o time cruzeirense diminuiu o ritmo irritando os torcedores no Farião, em Divinópolis.

O Cruzeiro voltou para etapa complementar com uma postura apática e foi castigado, logo aos dois minutos, após Alex Maranhão acertar assistência precisa para Éder, que fuzilou a meta do goleiro Fábio, para empatar o marcador. Aos seis minutos, o Nacional quase virou o jogo com Reinaldo Alagoano, mas Fábio operou milagre para salvar a Raposa.

Melhor no segundo tempo, o Nacional virou o jogo aos 22. Depois de bola rebatida pelo goleiro Fábio, Alessandro acertou um belo chute para colocar o time de Nova Serrana à frente no marcador. Com o placar adverso, o Cruzeiro reagiu, e aos 27, novamente Wellington Paulista apareceu para mandar de cabeça para as redes empatando o jogo no Farião.

No minuto seguinte, o artilheiro da noite, Wellington Paulista marcou o terceiro no jogo para retomar a vantagem para o Cruzeiro. Depois do sufoco, o time do técnico Vágner Mancini passou na administrar a vantagem, e ainda conseguiu um pênalti aos 44, que o avante Wallyson cobrou para confirmar a vitória.