Clique e assine com até 92% de desconto

Cruzeiro perde mando de campo por incidentes no clássico contra o Galo

Por Da Redação 22 dez 2011, 11h20

O Cruzeiro vai perder o mando de campo em duas partidas na Copa do Brasil, em 2012. No clássico contra o Atlético-MG, na última rodada do Brasileiro, torcedores do Cruzeiro arremessaram vários objetos em campo, além de lançarem rojões contra o goleiro atleticano Renan Ribeiro. Além da punição, a Raposa foi multada em R$ 20 mil.

A decisão foi tomada em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e, a principio, o departamento jurídico do Cruzeiro não deve recorrer da decisão, por considerar que a punição ficou barata pela gravidade das denúncias contra o clube celeste.

A Raposa estava incursa no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que traz a seguinte redação: ‘deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo’.

A estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil será contra o Rio Branco-AC, com o primeiro jogo acontecendo no Acre. Caso não vença por dois ou mais gols de diferença, a Raposa terá que encarar a partida de volta. Neste caso, o time já teria que cumprir o primeiro jogo da punição imposta, com a partida saindo da Arena do Jacaré e indo para outro estádio, escolhido pela cúpula cruzeirense.

Outro problema para o Cruzeiro é o atacante Wellington Paulista, que foi expulso no clássico contra o Galo e precisará cumprir uma partida de suspensão, que será justamente na estreia da Copa do Brasil, contra o Rio Branco-AC.

Continua após a publicidade
Publicidade