Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cruzeiro exalta regularidade após título da Superliga

Por Da Redação 21 abr 2012, 15h18

Por AE

São Bernardo do Campo – Um dos torneios mais competitivos do mundo, a Superliga Masculinade Vôlei todo ano tem uma extensa lista de equipes com condições de faturar o título. Por isso, neste sábado, ao conquistar a taça da temporada 2011/2012, o Sada Cruzeiro, campeão inédito, exaltou a regularidade de quem chegou à decisão pela segunda vez seguida.

“Sabemos do nosso valor, do nosso esforço do dia a dia e fomos coroados. No esporte, um dia ganha e outro perde. Temos vencido bastante e perdemos na Superliga do ano passado. A vida do atleta é assim. E temos que aprender na derrota muito mais do que na vitória”, destacou o levantador William Arjona, eleito melhor atleta da final.

O técnico argentino Marcelo Mendez foi outro a exaltar a regularidade do Cruzeiro, que perdeu a decisão da temporada de 2011 para o Sesi e agora comemora o título conquistado em São Bernardo do Campo. “Acho que a confiança foi fundamental. Em momentos difíceis da partida, o time teve paciência para jogar. Isso foi construído no trabalho do dia a dia. Foi um aprendizado do grupo. No ano passado faltou muito pouco. Esse ano o grupo amadureceu e jogou muito melhor. É uma vitória do grupo”, comentou.

Maior pontuador da final, com 20 pontos, o ponta Maurício destaca a necessidade de uma evolução constate, uma vez que a Superliga fica mais competitiva a cada ano. “Hoje sou um jogador mais experiente. O Sada Cruzeiro me deu a oportunidade de ajudar a equipe a ser campeã e está aí o resultado. Agora sei que eu tenho que me preparar ainda mais porque a cada ano temos o melhor campeonato do mundo”, disse ele.

Para chegar ao título neste sábado, o Cruzeiro se impôs em quadra e derrotou o Vôlei Futuro na decisão por 3 sets a 1, com parciais de 24/26, 25/18, 25/13 e 25/19, em São Bernardo do Campo.

Continua após a publicidade
Publicidade