Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cruzeiro encara o Bahia em confronto direto contra queda

Por Da Redação 12 out 2011, 08h36

Por Marcelo Portela

Belo Horizonte – Ainda na beira da zona de rebaixamento e lutando para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrenta o Bahia, nesta quarta-feira, em uma partida que é considerada uma final pelo time celeste. Isso porque a equipe adversária tem 34 pontos e está na 14.ª posição, apenas duas acima da mineira, que tem 30. O jogo válido pela 29.ª rodada da competição está marcado para as 21h50, no estádio de Pituaçu, em Salvador.

O Cruzeiro não consegue uma vitória há nove partidas. A última vez que venceu foi no clássico contra o Atlético Mineiro, pela 19.ª rodada. Mas o empate em 3 a 3 com o São Paulo na última quarta, em Sete Lagoas (MG), foi visto com um início de reação, tanto pela equipe quanto pela torcida.

Por isso, o técnico Vágner Mancini deve manter em Salvador a equipe que entrou em campo contra o rival paulista. A diferença deve ser a troca de Farías por Wellington Paulista, que entrou no meio do jogo na última partida. Mesmo com pontos na cabeça – literalmente, pois teve que fazer sutura em um corte sofrido na semana passada – Wellington Paulista deve começar jogando.

Independentemente de quem o técnico escalar, a equipe nem pensa em empate e está focada na conquista dos três pontos, mas sabe que o pensamento do Bahia é o mesmo. “Para a gente é uma final. Para eles também”, lembrou o zagueiro Victorino. “Vai ter que ser na luta, na disposição, na alma, na entrega”, emendou o meia Roger.

Continua após a publicidade

Publicidade