Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro e Atlético ficam no empate sem gols no Mineirão

Jogo foi disputado e com chances de gol para cada lado, mas times pecaram na finalização; Atlético decide no Independência

Em um jogo equilibrado, com chances desperdiçadas para os dois lados, o clássico entre Cruzeiro e Atlético Mineiro terminou neste domingo empatado em 0 a 0, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, no primeiro duelo da final Campeonato Mineiro. Esta foi a terceira partida entre os rivais em 2017. Foi o primeiro empate depois de duas vitórias cruzeirenses – uma pela Copa da Primeira Liga e outra na fase de classificação do Campeonato Mineiro. No próximo domingo, o Atlético-MG jogará com a torcida a seu favor no Estádio Independência.

Em campo, os dez primeiros minutos do clássico foram de muito estudo. Os times adotaram uma postura mais defensiva e não se arriscavam – trocavam a maioria dos passes no próprio campo de defesa. Com mais posse de bola, o Cruzeiro melhorou e passou a criar mais, mas sem sucesso. O Atlético Mineiro, bem postado na defesa, só conseguiu criar algumas oportunidades de ataque entre os 35 e os 40 minutos, quando chegou perto da área cruzeirense. A péssima atuação da dupla formada por Robinho e Fred impediu que o time alvinegro assustasse o gol de Rafael.

Após o intervalo, o técnico Roger Machado conseguiu corrigir o posicionamento de seu ataque e o Atlético voltou com mais mobilidade no setor ofensivo. Mesmo sem substituições, o time passou a criar mais chances. Maicosuel e Marlone auxiliaram na armação de jogadas e, por pouco, Elias e Gabriel não abriram o placar. No lado cruzeirense, a entrada do centroavante argentino Ramón Ábila no lugar do meia Thiago Neves deu mais força para o ataque, que chegou com mais frequência ao gol de Victor. Em duas finalizações de Ábila, o goleiro atleticano teve de trabalhar e assegurar o empate no clássico.

(Com Estadão Conteúdo)