Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro comemora empate ‘com gostinho de vitória’

Gol aos 48 minutos do segundo tempo evitou a derrota do time mineiro no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño

Com um gol no último minuto de jogo, o Cruzeiro empatou com o paraguaio Cerro Porteño por 1 a 1 no Mineirão, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Apesar de ter dominado as ações no jogo, o time mineiro ficou atrás do placar ainda no primeiro tempo e, mesmo atuando em casa, encontrou muitas dificuldades para furar a defesa paraguaia.

Depois de suportar a pressão inicial do Cruzeiro, o Cerro achou um gol com o atacante Ángel Romero, que desviou um cruzamento do lateral Corujo. O resultado adverso deixou a equipe mineira nervosa, e os jogadores não conseguiam transformar a superioridade técnica em gols. O empate só saiu aos 48 minutos do segundo tempo, quando o lateral Samudio chutou forte após bate e rebate dentro da área.

O resultado deixa o confronto em aberto. No jogo de volta, daqui a duas semanas em Assunção, uma vitória simples ou empates por mais de dois gols classificam o Cruzeiro. O Cerro tem a vantagem de se classificar com um zero a zero. Nova igualdade em 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Confiança – Embora o 1 a 1 em casa não tenha sido um grande resultado, os jogadores do Cruzeiro comemoraram o empate, principalmente pelo gol no final. “Jogo difícil. Eles pouco chegaram e foram eficientes. Marcamos no final e saímos até com um gostinho de vitória pelas circunstâncias do jogo, mas agora vamos buscar lá fora porque temos condições para isso”, comemorou o meia Everton Ribeiro. Para o zagueiro Dedé, a vaga na próxima fase também é possível. “Estamos vivos e vamos para o Paraguai para buscar a classificação”, disse ele.

(Com Gazeta Press)