Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro abafa pressão e marca 3 a 0 no Tupi na Arena do Jacaré

O Cruzeiro começou o domingo com mais uma crise em sua diretoria pelo anúncio da saída de Dimas Fonseca do cargo de diretor de futebol. Em campo, o elenco conseguiu amenizar as cobranças com o triunfo sobre o Tupi por 3 a 0, na Arena do Jacaré.

Depois do tropeço contra o Guarani, o Cruzeiro alcança a primeira vitória no Campeonato Mineiro – clube segue com um jogo a menos em relação aos adversários. O destaque em campo foi Anselmo Ramon, autor de dois gols em apenas dois minutos.

A quarta rodada do Campeonato Mineiro será disputada apenas dentro de duas semanas – há uma paralisação em função do Carnaval. No dia 25, o Tupi enfrenta o Uberaba em casa, enquanto o Cruzeiro atua contra o Democrata como visitante.

Jogo – A ordem no Cruzeiro foi esquecer a turbulência pelo anúncio, pouco antes de a bola rolar, da saída de Dimas Fonseca da função de diretor de futebol. Em apenas quatro minutos, o clube de Belo Horizonte abriu o placar. Roger cobrou falta da direita e encontrou Wellington Paulista livre na área para cabecear.

O Cruzeiro tinha domínio amplo em campo. Com liberdade, Roger assustou o goleiro adversário em um arremate aos 14 minutos. Pouco depois, foi a vez de Victorino tentar uma cabeçada e observar o corte da defesa.

O Tupi respondeu somente aos 28 minutos. A finalização de George acabou defendida sem grandes problemas por Fábio. Só que o Cruzeiro seguia superior e, até o intervalo, ainda teve outra chance de marcar: Anselmo Ramon cabeceou para a defesa de Rodrigo.

Milagre: O segundo tempo começou um lance fantástico proporcionado pelo goleiro Fábio para salvar o Cruzeiro do empate. No chute de longe de Michel Cury, o arqueiro desviou e observou a bola tocar na trave. Na sobra, ele ainda defendeu a conclusão de Ademílson.

O jogo estava mais complicado para o Cruzeiro. Após ver o Tupi criar duas chances, o técnico Vágner Mancini decidiu promover a entrada do atacante Valter no lugar de Wellington Paulista e ouviu gritos de burro da torcida.

No momento de maior dificuldade em campo, apareceu o oportunismo de Anselmo Ramos. Em dois minutos, o centroavante marcou duas vezes, uma vez com o pé esquerdo e outra de cabeça, e definiu a fatura.