Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Cruzeirenses lamentam revés e admitem fase ruim da equipe

Por Da Redação 8 set 2011, 00h25

Mesmo atuando com o mando de campo, o Cruzeiro não conseguiu superar o Fluminense, no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Os jogadores da Raposa lamentaram o revés por 2 a 1, e admitiram que a situação do clube no Campeonato Brasileiro não é boa. Para o volante Fabrício, o momento é de ter a cabeça no lugar.

O atleta, porém, reclama que o time não tem conseguido fazer o dever de casa, e já projeta um duelo complicado contra o Santos, no próximo sábado.

‘Temos que ter a cabeça no lugar. A situação que a gente está é complicada no campeonato, não estamos conseguindo somar os pontos em casa. Agora é trabalhar e procurar superar, para chegarmos logo aos 45 pontos. Perdemos a chance de ganhar um jogo teoricamente mais fácil em casa, e lá (Vila Belmiro) vai ser complicado’, declarou.

O argentino Montillo, que anotou um belo gol, para diminuir o marcador no Triângulo Mineiro, frisou que a equipe precisa melhorar o futebol apresentado com urgência. Segundo ele, tem muitas coisas erradas dentro do clube, e a ausências de jogadores importantes também vem prejudicando a Raposa, que não consegue repetir a mesma formação.

‘Estamos passando por uma fase ruim e ninguém gosta de passar por essa situação, mas somos profissionais e sabemos que temos que melhorar. Muitas coisas estão erradas, e por isso, não estamos conseguindo as vitórias. Muitos jogadores machucados também. Não conseguimos repetir a escalação há muito tempo, e isso às vezes é difícil’, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade