Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruyff vai à Justiça para barrar Van Gaal no Ajax

Por AE-AP

Amsterdã – Johan Cruyff e seus aliados no Ajax foram a um tribunal nesta quarta-feira, em audiência na cidade holandesa de Haarlem, para tentar barrar a nomeação de Louis van Gaal como diretor esportivo do clube, no mais novo capítulo do forte conflito interno vivido pelos dirigentes do time holandês.

O ex-jogador é um dos cinco membros do conselho fiscal do Ajax, que controla o andamento do dia a dia do clube. De volta ao time onde surgiu como um dos grandes craques da história do futebol, ele elaborou um plano neste ano para revitalizar o programa de formação de jovens talentos do time, sendo que tem ao seu lado o respaldo de famosos ex-jogadores para tocar este projeto. Entre eles estão Wim Jonk, Marc Overmars e Jaap Stam, ex-estrelas da seleção da Holanda.

Cruyff afirmou que a nomeação de Van Gaal – definida por outros quatro membros da diretoria que não consultaram a lenda do futebol holandês antes de contratar o ex-treinador para o cargo de diretor esportivo – não está em sintonia com o planejamento que ele pretende colocar em prática no Ajax.

“Existia um plano apresentado ao clube, em março, e nós tivemos o sinal verde para implementá-lo, e agora ele está sendo bloqueado. Isso é inaceitável”, afirmou Cruyff, do lado de fora do tribunal onde esteve nesta quarta. “Este deve ser o começo de uma nova era, onde ex-jogadores que agora são treinadores assume a liderança de um clube como o Ajax”, acrescentou.

Um juiz deverá emitir um veredicto sobre o caso na próxima segunda-feira, cinco dias depois de o Ajax enfrentar o Real Madrid, nesta quarta, em Amsterdã, na luta por uma vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Cruyff vinha trabalhando também como assessor técnico no Ajax e deixou o seu cargo nas mãos da direção do clube após a nomeação de Van Gaal como diretor esportivo, pois não tem uma boa relação com o ex-treinador, que brilhou nesta função no clube na década de 90. Ele foi campeão da antiga Copa da Uefa (hoje Liga Europa), em 1992, e da Liga dos Campeões da Europa, em 1995. Seu último trabalho como técnico foi no Bayern de Munique, que o demitiu em maio.

Van Gaal voltou ao clube agora para substituir Rik van den Boog, que deixou o cargo de diretor esportivo em junho. Como treinador, o holandês trabalhou também em clubes como Barcelona e AZ Alkmaar, além de ter comandado a seleção da Holanda entre 2000 e 2002.