Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cristiano Ronaldo quer jogar nos EUA em 2018, diz revista

Destino do melhor do mundo seria um clube de Nova York ou Los Angeles

Por Da Redação - 18 mar 2015, 12h08

O atacante Cristiano Ronaldo não vive seu melhor momento no Real Madrid – no último jogo foi flagrado xingando a torcida que vaiava a equipe no Santiago Bernabéu – e já estaria até planejando seu próximo destino. Segundo informações da revista americana Sports Illustrated, o melhor jogador do mundo gostaria de jogar na Major League Soccer, a principal liga de futebol dos Estados Unidos. O acordo, no entanto, aconteceria apenas em junho de 2018, quando termina seu vínculo com o Real Madrid. Ele terá 33 anos nesta data.

Leia também:

Kaká celebra gol no último minuto em estreia nos EUA: ‘Jogo histórico’

MLS: time de Kaká fecha contrato com a Disney

Continua após a publicidade

‘Podemos ter 40 milhões de torcedores’, diz dono do time de Kaká na MLS

Ainda de acordo com a publicação, seu destino deve ser uma equipe de Nova York ou Los Angeles. Na primeira hipótese, Cristiano poderia atuar no New York Red Bulls (ex-equipe do francês Thierry Henry) ou no New York City, equipe estreante que conta com o espanhol David Villa como estrela. Outra opção, menos provável, seria o New York Cosmos, equipe do veterano espanhol Raúl González. O time, famoso pela passagen de Pelé e outros craques na década de 70, atualmente disputa a NASL, uma espécie de segunda divisão nos Estados Unidos.

Em Los Angeles, a opção mais lógica para o português seria o Galaxy, equipe que teve David Beckham como ídolo entre 2007 e 2012 e que contará com o inglês Steven Gerrard a partir de junho. Em 2018, haverá ainda uma nova equipe de Los Angeles, comprada pelo ex-jogador de basquete Magic Johnson. Miami apareceria como uma terceira opção, já que Beckham também anunciou a compra de uma equipe na cidade e tem planos de disputar a MLS. A revista não cita a hipótese de Cristiano refazer a parceria com Kaká, do Orlando City, seu amigo pessoal e ex-companheiro de Real Madrid.

Continua após a publicidade

(da redação)

Publicidade