Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristiano Ronaldo pagou para mulher omitir estupro, diz revista

Segundo a alemã 'Der Spiegel', astro português desembolsou o equivalente R$ 1,17 milhão

A revista alemã Der Spiegel publicou nesta sexta-feira que Cristiano Ronaldo pagou 375 mil dólares (1,17 milhão de reais) em 2010 a uma mulher dos Estados Unidos para que uma suposto abuso sexual praticado pelo português não fosse tornado público.

Segundo a revista, o estupro foi cometido em junho de 2009, em Las Vegas, após uma festa. Poucos meses depois, já em 2010, um advogado de Cristiano Ronaldo, Carlos Osório de Castro, teria assinado um contrato em nome do jogador para que o caso fosse mantido em silêncio.

Carlos de Castro não quis se pronunciar sobre o incidente, mas Johanes Kreile, alemão que também é advogado do atacante do Real Madrid, entrou em contato com a Der Spiegel e negou a história. “As acusações devem ser rechaçadas contundentemente porque são incorretas”, disse Kreile.

A notícia teria sido obtida pela revista alemã por meio de documentos do site Football Leaks. O acordo, segundo a publicação, estabeleceu que a jovem retirasse uma queixa que havia feito à polícia e entregasse o nome de todos os que sabiam da história. Cristiano Ronaldo chamou a matéria de “ficção jornalística” e “nojenta” e afirmou que vai processar a Der Spiegel.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Raimundo Lima

    Por isso é que eu lavo minhas mãos e bato minhas punhetinhas pensando em mulheres gostosas, e ninguem vai me processar por estupro, tambem não contraio DST ou AIDS e não gasto nada.

    Curtir

  2. Fernando Cesar Romo Rojas

    Eta como ele e exemplo de Pessoa , Nao vale nada

    Curtir