Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristiano Ronaldo marca aos 50 do 2º tempo e salva Portugal

Melhor jogador do mundo fez o gol da vitória (1 a 0) sobre a Dinamarca. A Alemanha empatou e faz campanha fraca nas Eliminatórias da Eurocopa

A seleção portuguesa não jogou bem, mas conseguiu uma importante vitória sobre a Dinamarca, em Copenhague, na tarde desta terça-feira, graças mais uma vez ao talento de Cristiano Ronaldo. O melhor jogador do mundo em 2013 marcou, de cabeça, aos 50 minutos do segundo tempo, e deu a vitória a sua equipe, em jogo válido pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, que será disputada na França.

Leia também:

Neymar marca quatro e Brasil vence Japão com facilidade

Imprensa internacional destaca o show de gols de Neymar

‘Não sei qual é o meu limite’, diz Neymar, perseguindo Pelé​

Com dois de Messi, Argentina faz 7 a 0 em Hong Kong

No lance do gol nos acréscimos, Quaresma cruzou, Cristiano Ronaldo se aproveitou da saída ruim de Kasper Schmeichel – filho do famoso goleiro do Manchester United, Peter Schmeichel – e desviou levemente de cabeça. Com a vitória, os portugueses somaram seus primeiros três pontos no Grupo I e assumiram o terceiro lugar. A equipe estreou com derrota por 1 a 0 para a Albânia em casa, resultado que causou a demissão do técnico Paulo Bento, substituído por Fernando Santos.

A Dinamarca, com quatro pontos e um jogo a mais que Portugal, divide a liderança da chave com a surpreendente Albânia, que teve a partida contra a Sérvia, considerada como de alto risco por causa das relações tensas entre os dois países, suspensa nesta terça. O jogo foi paralisado após uma confusão generalizada entre os atletas – causada por um drone com uma bandeira albanesa.

Toni kroos comemora o gol da vitória da Alemanha sobre a Irlanda Toni kroos comemora o gol da vitória da Alemanha sobre a Irlanda

Toni kroos comemora o gol da vitória da Alemanha sobre a Irlanda (/)

Alemanha – Há dois dias, o meia-atacante Mario Götze, autor do gol do título no Maracanã, deixou um jornalista falando sozinho e foi embora depois que ele perguntou sobre uma ‘crise’ na equipe campeã do mundo depois de derrotas para Argentina e Polônia. Nesta terça-feira, a seleção alemã, jogando em Gelsenkirchen, cedeu o empate em 1 a 1 à Irlanda no último lance do jogo.

Sem cinco titulares – Schweinsteiger, Özil, Marco Reus, Howedes e Khedira, todos machucados -, o time marcou aos 26 minutos do segundo tempo, em um belo chute de fora da área de Toni Kroos. Mas o veterano John O’Shea empatou aos 49 minutos da segunda etapa. Agora, os tetracampeões estão em situação delicada no Grupo D. Com o resultado, a Alemanha aparece na terceira posição, ao lado da Escócia, que empatou por 2 a 2 com a Polônia, fora de casa. Poloneses e irlandeses lideram a chave com sete pontos.

(Com agência AFP)