Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cristiano Ronaldo, em sete momentos na Euro-2016: show de marra e de gols

Craque iniciou mal o torneio, dando chiliques até contra a carismática Islândia. E agora tem a chance de se consagrar com o título

Por Da Redação
Atualizado em 4 jun 2024, 22h47 - Publicado em 9 jul 2016, 14h11

Cristiano Ronaldo é o grande personagem da Eurocopa da França. Talvez nem ele, vaidoso assumido, poderia imaginar que Portugal chegaria à decisão deste domingo, contra a anfitriã França, no Stade de France, às 16h (de Brasília), depois de um início tão ruim no torneio. Tanto a seleção quanto o seu capitão começaram a Euro com atuações ruins, gols perdidos e muita cobrança. A classificação foi alcançada, graças ao talento e a liderança de Cristiano. Sem encantar e com apenas uma vitória no tempo nornal em seis partidas, Portugal chegou à decisão depois de 12 anos. E Cristiano aumentou ainda mais o seu status no futebol com golaços, reações estapafúrdias e muita personalidade.

Leia também:

Cristiano Ronaldo: ‘França é favorita, mas tudo é possível’

​O pior da Euro-2016: coceira, chilique e vexames​

Continua após a publicidade

O melhor da Euro-2016: zebras, figuras e euforia

O atacante da seleção de Portugal, Cristiano Ronaldo, após o empate com a Islândia por 1 a 1, em partida válida pela primeira rodada do grupo F, da Eurocopa 2016, realizada no estádio de Geoffroy-Guichard, em Saint-Etienne, na França - 14/06/2016
O atacante da seleção de Portugal, Cristiano Ronaldo, após o empate com a Islândia por 1 a 1, em partida válida pela primeira rodada do grupo F, da Eurocopa 2016, realizada no estádio de Geoffroy-Guichard, em Saint-Etienne, na França – 14/06/2016 (VEJA)

Cristiano Ronaldo é consolado por Nani após desperdiçar pênalti contra a Áustria, em Paris
Cristiano Ronaldo é consolado por Nani após desperdiçar pênalti contra a Áustria, em Paris (VEJA)

https://www.youtube.com/embed/hohR76pIf_U?rel=0
Chilique no lago

Quando ainda vivia mau momento dentro de campo, Cristiano Ronaldo protagonizou o maior chilique da Euro. Horas antes a partida contra a Hungria, o craque português se irritou com a abordagem de um repórter da Correio da Manhã TV durante uma caminhada na cidade de Lyon. Cristiano arrancou o microfone das mãos do jornalista e atirou o objeto em um lago, surpreendendo a todos. O capitão de Portugal não fala com a emissora há vários anos, por considerar que o canal constantemente invade sua privacidade. 

Eurocopa 2016: Portugal contra Hungria
Eurocopa 2016: Portugal contra Hungria (VEJA)

https://www.youtube.com/embed/D_w9j-59cjM?rel=0
Liderança

Continua após a publicidade

Cristiano voltou a ganhar as manchetes por sua personalidade. Como um verdadeiro capitão, incentivou o colega João Moutinho na decisão por pênaltis contra a Polônia e praticamente obrigou o meia a bater. “Tu bates bem, se perderes, que se f….”. Moutinho e Cristiano converteram suas cobranças e Portugal chegou à semifinal.

 

 

Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, durante partida entre Portugal e País de Gales, válida pelas semifinais da Eurocopa 2016, realizada no Stade de Lyon, na França - 06/07/2016
Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, durante partida entre Portugal e País de Gales, válida pelas semifinais da Eurocopa 2016, realizada no Stade de Lyon, na França – 06/07/2016 (VEJA)

O atacante Cristiano Ronaldo, durante partida entre Portugal e País de Gales, válida pelas semifinais da Eurocopa 2016, realizada no Stade de Lyon, na França - 06/07/2016
O atacante Cristiano Ronaldo, durante partida entre Portugal e País de Gales, válida pelas semifinais da Eurocopa 2016, realizada no Stade de Lyon, na França – 06/07/2016 (VEJA)

Continua após a publicidade

(da redação)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.