Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CR7 supera Messi com primeira grande conquista pela seleção

Craque português consegue feito não alcançado pelo astro argentino: ser campeão defendendo o seu país

Quem é melhor, Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo? Os dois grandes craques do futebol na última década monopolizam as atenções nas principais competições, com o argentino se sobressaindo nos prêmios individuais. Mas, com o desfecho dos torneios continentais neste meio de ano, o português se coloca em vantagem quando o critério é o desempenho com a camisa da seleção. Com o título inédito na Eurocopa, CR7 preenche uma lacuna importante em seu currículo, diferentemente de Messi. O argentino jamais ganhou um título adulto defendendo o seu país e, depois da derrota na Copa América, no fim de junho, anunciou que não jogará mais pela seleção.

Cristiano Ronaldo, 31 anos, já havia sido vice-campeão da Eurocopa em 2004. Além disso, levou a seleção portuguesa às semifinais da Copa do Mundo na Alemanha, em 2006. Messi, 29 anos, liderou a Argentina que foi vice-campeã da Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Foi ainda três vezes vice da Copa América, em 2007, 2015 e 2016. Seu título mais importante pela Argentina foi a medalha de ouro na Olimpíada de Pequim, em 2008, em que jogam em sua maioria atletas com até 23 anos de idade.

“Sempre quis ganhar algo com Portugal para entrar para a história e agora consegui”, afirmou o jogador depois da partida. “Estou muito feliz, é algo que buscava havia muito tempo, desde 2004 (na derrota para a Grécia na final da Eurocopa, CR7 tinha então 19 anos). É o que os portugueses merecem, o que essa nação merece. Sempre acreditei que estes jogadores tinham o valor, a capacidade e a estratégia de nosso treinador para poder ganhar da França, e conseguimos ganhar”, destacou.

Em Liga dos Campeões, o torneio de clubes mais importante e disputado do mundo, Messi foi campeão mais vezes: foram quatro taças, em 2006, 2009, 2011 e 2014, sempre pelo Barcelona. Cristiano Ronaldo ganhou o título em três ocasiões, em 2008, pelo Manchester United, e em 2014 e 2016, pelo Real Madrid.

Individualmente, Messi foi eleito cinco vezes o melhor jogador do ano pela Fifa, em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015. Cristiano Ronaldo ganhou três vezes, em 2008, 2013 e 2014.

(Da Redação, com agências de notícias)