Clique e assine a partir de 9,90/mês

Covid-19: países fecham quadras e arrancam tabelas para forçar isolamento

Governos têm coibido a reunião de praticantes de esportes de diversas formas. Veja fotos

Por Luiz Felipe Castro - Atualizado em 2 abr 2020, 18h03 - Publicado em 2 abr 2020, 12h51

As medidas de isolamento para conter a pandemia de coronavírus não afetaram apenas atletas profissionais, mas também os amadores. Governos ao redor do mundo têm coibido a reunião de pessoas em quadras e praças esportivas de diversas formas.

Nesta semana, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, irritado com a desobediência de diversos praticantes de basquete, tomou medidas mais drásticas: ordenou a retirada de cerca de 1.700 aros das quadras públicas e anunciou que multas de 250 a 500 dólares (algo como 1.300 a 2.600 reais) seriam dadas a quem não obedecesse as orientações de permanecer em casa.

Medidas semelhantes, como a remoção de aros e fechamentos de quadras de tênis, beisebol e basquete já podem ser vista em outras cidades americanas, como como Laguna Beach e Washington, e em cidades europeias como Dresden e Dortmund, na Alemanha, e Mallorca, na Espanha (ver galeria acima). 

Na semana passada, a França proibiu o ciclismo e liberou apenas corridas e caminhadas num raio de até 2 quilômetros de distância da residência dos praticantes. No Reino Unido, o governo ressaltou que exercícios são necessários para manter a saúde física e mental durante a quarentena, mas orientou que sejam feitas apenas práticas individuais (ciclismo e corrida, por exemplo), em locais abertos, próximos de casa, uma vez ao dia e mantendo uma distância de dois metros das outras pessoas.

Portugal e Alemanha, por enquanto, permitem práticas esportivas em até duas pessoas. Já na Itália, país mais afetado do continente, com mais de 13.000 mortes, o exercício ao ar livre está banido – quem for visto andando de bicicleta, por exemplo, pode ser parado pela polícia para comprovar que saiu de casa apenas para realizar necessidades básicas como ir à farmácia ou comprar comida.

No Brasil, a prática esportiva não está proibida, mas academias e grandes parques foram fechados e o Ministério da Saúde orienta que as pessoas fiquem em casa ou realizem seus exercícios ao ar livre individualmente. Segundo levantamento mais recente da universidade americana Johns Hopkins, a Covid-19 já infectou mais de 1 milhão pessoas em todo o mundo, com mais de 50.000 mortes.

Quadra poliesportiva vazia na cidade de Minori, na Itália
Quadra poliesportiva vazia na cidade de Minori, na Itália Ivan Romano/Getty Images

 

Continua após a publicidade
Publicidade