Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Costa Rica surpreende imprensa italiana: “Desastre”

Jornais europeus destacam feito costa-riquenho e eliminação inglesa

A seleção da Costa Rica conquistou nesta sexta-feira o resultado mais expressivo de sua história ao vencer a Itália em Recife e, com isso, eliminar a Inglaterra e se classificar com uma rodada de antecedência às oitavas de final da Copa do Mundo. A surpreendente campanha da equipe no chamado grupo da morte mereceu elogios, inclusive de parte da imprensa dos países derrotados. Ingleses e italianos, porém, não pouparam críticas às suas seleções.

Leia também:

Costa Rica vence a Itália e elimina a Inglaterra

Espanha destronada: Imprensa mundial destaca fim de ciclo

Em sua versão digital, o jornal esportivo italiano Gazzetta Dello Sport criticou: “Desta vez, a Itália foi um desastre”. Na crônica, o diário ressalta as palavras do técnico Cesare Prandelli. “A derrota foi merecida. Eles foram mais agressivos e agora jogaremos nossa classificação contra o Uruguai.”

Na Inglaterra, a eliminação da seleção foi vista com revolta. “Acabou. E nem jogamos três partidas”, foi a manchete do tabloide Daily Mail. O jornal ressalta que esta foi a pior campanha da Inglaterra desde a Copa de 1958. O ex-jogador Gary Lineker, que atualmente trabalha como comentarista, ironizou a derrota da Itália, que tirou qualquer chance de classificação dos ingleses. “Típico. O que os romanos já fizeram por nós na vida?”, perguntou Lineker em sua conta no Twitter.

Na Costa Rica, o resultado foi visto com enorme euforia. “Gigante do grupo da morte banha de glória a Costa Rica”, foi a manchete do site do diário La Nación. O canal de notícias Hoy destacou a retratação do jornal uruguaio Ovación. “Costa pobre? Imprensa uruguaia se retrata” era uma das notícias em destaque no Hoy.

No Uruguai, no entanto, o clima é de confiança. Até mesmo o presidente José Mujica disse acreditar na classificação de sua seleção. “Os italianos são duros, mas não são deuses. Nos momentos mais difíceis, os uruguaios tiram força da tradição”, afirmou Mujica em declaração publicada pelo jornal argentino Olé. Itália e Uruguai se enfrentam na próxima terça, em Natal. Quem vencer, avança à segunda fase. O empate favorece os italianos.