Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cortado do UFC 200, McGregor ganharia R$ 37 milhões caso fosse à luta

O irlandês de 27 anos foi retirado do card principal do evento depois de anunciar uma falsa aposentadoria e se recusar a participar de eventos promocionais

A participação de Conor McGregor no fatídico UFC 200, em 9 de julho, na cidade de Las Vegas, ainda segue indefinida, mesmo com o seu desligamento da luta após ele anunciar uma falsa aposentadoria e se recusar a colaborar com eventos promocionais da revanche que estava marcada contra o americano Nate Díaz. Assim como muitos esperavam – até mesmo o presidente Dana White -, o irlandês falastrão não se aposentou efetivamente e ao que parece esta era mais uma de suas provocações e controvérsias da carreira. O astro do UFC divulgou um comunicado nesta quinta-feira, confirmando que continua nos ringues e dando a entender que até aceitaria de volta seu nome no card principal do evento. A organização ainda não se pronunciou se o lutador está definitivamente fora, mas de acordo com o site TMZ, Conor McGregor ganharia uma cifra alta caso lutasse: 10 milhões de dólares (cerca de 37 milhões de reais).

Ainda segundo a publicação, o UFC “moveria montanhas” para acomodar o atual detentor do cinturão dos penas e não atrapalhar tanto sua rotina diária de treinamentos, o que foi alvo de críticas por parte do lutador na postagem divulgada na quinta-feira, em que ele disse que o UFC usa excessivamente sua imagem com eventos promocionais e que sua preparação para a luta é prejudicada por causa disso. Entre os privilégios que o UFC concederia a McGregor, além da quantia milionária, está um jatinho particular, que o levaria para todos os compromissos com a organização nos Estados Unidos, além de todo um suporte financeiro e logístico à sua equipe e equipamentos para treino.

LEIA TAMBÉM:

UFC: Dana diz que Ronda só deve voltar a lutar em novembro

José Aldo lutará no UFC 200 contra Frankie Edgar pelo cinturão interino

Derrotado, McGregor provoca Aldo e Rafael dos Anjos

Na madrugada desta sexta-feira, o irlandês postou mais uma mensagem enigmática no Twitter, dizendo que já é um atleta consagrado e supondo indiretamente ao UFC que seu nome no evento é garantia de sucesso: “As minhas contas estão pagas. Já fiz a minha grana e dominei o jogo. Agora é sua vez”. Nesta sexta-feira, haverá uma coletiva de apresentação do UFC 200 na qual o presidente Dana White, possivelmente, anunciará o retorno de McGregor ou seu substituto para a luta contra Nate Díaz.

(Da redação)