Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Correção: Botafogo perde e está fora da Sul-Americana

Por AE

Bogotá – A nota enviada anteriormente contém um erro no primeiro parágrafo – o placar do jogo é 4 a 1. Segue a nota corrigida:

Acabou de forma melancólica, nesta terça-feira, a participação do Botafogo na Copa Sul-Americana. Dando prioridade ao Campeonato Brasileiro, o clube carioca pagou caro pelo preço de ter escalado reservas na partida de ida – empate por 1 a 1, no Rio de Janeiro – e também na de volta, no estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia. Foi goleado pelo Independiente Santa Fé, por 4 a 1, e está eliminado nas oitavas de final da competição continental, que dá uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores ao campeão.

Nas quartas, o Independiente Santa Fé terá o desafio de enfrentar o Vélez Sarsfield, da Argentina. As datas ainda serão confirmadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), mas a equipe colombiana terá a vantagem de decidir em casa a vaga às semifinais. Já o Botafogo pensa no Brasileirão, onde ocupa a terceira colocação, e joga no próximo sábado contra o Cruzeiro, no Engenhão.

Em apenas oito minutos, o desastre botafoguense em campo já estava desenhado. Aos 2, a defesa ficou parada pedindo impedimento, Pérez entrou livre na área e tocou no meio para Rodas completar para o gol vazio. Seis minutos depois, Pérez ficou sem marcação novamente, desta vez na entrada da área, e teve tempo para chutar colocado no canto direito de Jefferson, que nem se mexeu para tentar a defesa.

Em desvantagem e precisando de dois gols, o Botafogo até tentou criar, mas o máximo que conseguiu foram três chutes, sem muito perigo, de Alex. Aos 45 minutos, quando o técnico Caio Júnior já imaginava o que fazer no intervalo para tentar melhorar o poderio ofensivo, o Independiente Santa Fé conseguiu ampliar em um lance infeliz do volante Léo, que fez gol contra.

Na segunda etapa, nitidamente desanimado, o Botafogo não teve forças para iniciar uma reação e viu a goleada se concretizar em um belo gol de Rodas, aos 17 minutos. O atacante colombiano girou sobre a marcação de Gustavo na intermediária e acertou um belo chute de perna esquerda no ângulo direito de Jefferson.

Pouco tempo depois, o torcedor foi brindado pela entrada em campo de um cachorro, que deu um baile em todos que tentaram o tirar (jogadores, árbitro e funcionários do estádio) e ficou cerca de cinco minutos se divertindo até voltar com tranquilidade à arquibancada.

Daí em diante, os times se acomodaram com o placar e o Botafogo ainda teve forças para conseguir descontar – com o atacante Alexandre Oliveira, aos 41 minutos – e ter o também atacante Alex expulso por jogada violenta.

Ficha técnica

Independiente Santa Fé-COL 4 x 1 Botafogo

Independiente Santa Fé-COL – Vargas; Quinteros, Centurión, Meza e Acosta; Bernal (Amaya), Anchico (Rey), Bedoya e Copete (Gómez); Pérez e Rodas. Técnico: Wilson Gutiérrez.

Botafogo – Jefferson; Lucas, Gustavo, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Léo (Somália), Felipe Menezes (Thiago Galhardo) e Elkeson; Caio (Alexandre Oliveira) e Alex. Técnico: Caio Júnior.

Gols – Rodas, aos 2, e Pérez, aos 8, e Léo (contra), aos 45 minutos do primeiro tempo; Rodas, aos 17, e Alexandre Oliveira, aos 41 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Acosta e Bedoya (Independiente Santa Fé-COL); Elkeson (Botafogo).

Cartão vermelho – Alex (Botafogo).

Árbitro – Roberto Silvera (Fifa-Uruguai).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio El Campín, em Bogotá (Colômbia).