Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coritiba domina América-MG e vence primeira fora de casa

Triunfo deixa equipe paranense na 11ª colocação da tabela, com 17 pontos

Por Da Redação - 31 jul 2011, 20h23

Mesmo jogando fora de casa, o Coritiba mostrou o mesmo futebol do segundo tempo da partida contra o São Paulo e bateu o América-MG por 3 a 1 sem fazer muito esforço, neste domingo, na Arena do Jacaré. Os gols da equipe foram marcados por Marcos Aurélio, duas vezes, e por Bill. Kempes descontou para os anfitriões.

Confira a classificação completa do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o primeiro triunfo do Coxa longe dos seus domínios, a equipe chega à 11ª colocação, com 17 pontos conquistados. Já o Coelho segue com o sinal de alerta ligado, na penúltima posição, com apenas oito pontos ganhos.

Na próxima rodada, os mineiros têm uma dura missão contra o líder Corinthians, quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu. Já os paranaenses voltam a receber o Palmeiras no Couto Pereira, às 21h50 (de Brasília), também na quarta. Na última vez em que encarou esse adversário no local, os comandados de Marcelo Oliveira golearam por 6 a 0.

O Jogo – A partida começou calma, mas foi em meio à passividade das equipes que o Coritiba surpreendeu os donos da casa. Em sua primeira chegada ao ataque, o Coxa abriu o placar. Logo aos cinco minutos, Bill recebeu na direita, ganhou da marcação e cruzou na cabeça de Marcos Aurélio. Livre, ele apenas escorou e saiu para comemorar.

Assustado, o Coelho tentou sair da defesa, mas só conseguia ameaçar nas bolas paradas e em chutes de longa distância. Rodriguinho, Kempes e William Rocha tentaram, mas Edson Bastos apareceu bem nas três oportunidades.

Continua após a publicidade

Ainda antes do final do primeiro tempo, os paranaenses maracaram mais um, aproveitando a total desatenção dos mineiros. Bill recebeu na área e teve muito tempo para girar, arrumar a bola para a perna esquerda e chutar firme, sem chances para Neneca.

Logo depois, quase o terceiro. Novamente Bill saiu pela direita e cruzou para Leandro Donizete bater de primeira. Mostrando reflexo, Neneca conseguiu espalmar e livrou o Coelho de um prejuízo maior.

No segundo tempo, a conversa de Antonio Lopes com seus jogadores pareceu ter acordado seus atletas, que voltaram correndo atrás de todas as bolas e marcando forte os visitantes. E o esforço deu resultado aos dez minutos, quando Marcos Rocha levantou na cabeça de Kempes, que testou firme para diminuir.

Após uma certa pressão na busca pelo empate, porém, o time da casa acabou ficando desguarnecido em sua defesa. Assim, exatamente em um contra-ataque que o Coxa matou a partida. Aos 26, Maranhão apareceu bem pela direita e cruzou rasteiro para Marcos Aurélio colocar de chapa para o fundo das redes.

Depois, os donos da casa até tentaram sair ao ataque e buscar ao menos um gol para diminuir a desvantagem, mas esbarraram no seu nervosismo. Quando a jogada saiu certo, quem parou o ataque foi Edson Bastos, que fez boas defesas em chute de Gilson, no último bom lance do jogo.

(Com Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade