Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Corintiano prevê time palmeirense correndo ‘pra caramba’ em dérbi

Por Da Redação 1 jan 2012, 13h47

A semana sem compromissos, até o clássico de domingo, garantirá benefícios ao Corinthians, como recuperar atletas lesionados e treinar o time. A constatação é feita pelos próprios jogadores e a comissão técnica, os quais, por outro lado, negam que isso lhes traga vantagem sobre o Palmeiras, que joga nesta quinta-feira, diante do Vasco, pela Copa Sul-americana.

‘Teoricamente, sim (o Palmeiras leva a pior). Mas, se for ver no passado recente, o Santos jogava de quarta-feira e domingo, por causa da Copa Libertadores, e chegou à final (do Campeonato Paulista) correndo pra caramba’, adverte o zagueiro Leandro Castán. ‘Nós não podemos nos iludir com isso. Tenho certeza que quem jogar vai correr muito e tentar a vitória’.

O departamento médico do Corinthians comemora a semana sem jogos até domingo porque trabalha com a possibilidade de recuperar dois jogadores do grupo. O lateral esquerdo Ramon tem lesão muscular na coxa direita, e o lateral direito Welder sofreu trauma no tornozelo direito.’Estou 110%, e tem que ser assim não só em clássico, como em todos os jogos. Todos têm que dar algo a mais, buscar fôlego a mais. Tem que estar ligado, voando mesmo. Quem está com problema, é hora de fazer tratamento. E quem está bem no momento tem que aprimorar a parte física, porque a gente vai precisar de todos neste segundo turno’, acrescentou Castán.

Mais manjado pelos adversários por ser líder do Campeonato Brasileiro, o time alvinegro também recebe bem os dias de folga no calendário como oportunidade para ensaiar alternativas. ‘Isso é importante, porque as equipes estão vindo bem fechadas contra nós’, concluiu o defensor.

Continua após a publicidade
Publicidade