Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Corinthians vence em casa e lidera grupo na Libertadores

Por Da Redação 22 mar 2012, 00h03

Por Felipe Mendes

São Paulo – O Corinthians assumiu a liderança do Grupo 6 da Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira, ao vencer o Cruz Azul-MEX por 1 a 0, em um lotado Pacaembu. O meia Danilo, de cabeça, marcou o único gol da partida, ainda no primeiro tempo.

Com a vitória, o time brasileiro se reabilitou após empatar sem gols com o mesmo Cruz Azul, na semana passada, no México, e assegurou a ponta. O Corinthians soma agora oito pontos, desbancando a própria equipe mexicana, que estacionou nos sete. Com 3 pontos, o Nacional-PAR não alcançará o Corinthians mesmo que vença o Deportivo Táchira na próxima terça-feira, fora de casa.

Em busca da classificação antecipada, o time brasileiro volta a campo no dia 11 de abril, diante do Nacional, no Paraguai. Antes disso, fará o clássico paulista com o Palmeiras, neste domingo, às 16 horas, no Pacaembu, pela 15ª rodada do Paulistão.

O JOGO – Corinthians e Cruz Azul fizeram um duelo de opostos no primeiro tempo da partida. Enquanto os brasileiros tentavam se manter no ataque e buscavam acelerar o jogo, o time mexicano entrou em campo com o objetivo de cadenciar a partida, valorizar a posse de bola, à espera do momento ideal para dar o bote.

No duelo de estratégias, o Cruz Azul levou vantagem até os 35 minutos, quando Danilo deixou o Corinthians na dianteira. Mas antes de balançar as redes o time brasileiro sofreu com sua recorrente dificuldade de agredir o adversário.

O trio formado por Alex, Danilo e Jorge Henrique mostrava entrosamento, com boas trocas de bola, tabelas e passes precisos no meio-campo. Contudo, não penetrava na defesa mexicana, nem gerava lances de maior perigo no ataque.

Ansioso, o Corinthians arriscava em finalizações de longa distância, sem resultado. Aos 8, Paulinho rolou para Alex que, da entrada da área, bateu rasteiro colocado no canto, mas parou na defesa de Corona. Aos 16, foi a vez de Liedson bater de longe, mandando rente à trave.

Sem desanimar, o Corinthians também tentava ameaçar o gol de Corona nas cobranças de falta. Depois de duas finalizações frustradas, a bola entrou sob a força da cabeçada de Danilo, após cobrança de Alex, aos 35.

O segundo tempo começou com o mesmo ritmo do primeiro. Com maior presença no ataque, o Corinthians dominava o jogo, mantendo a pressão sobre a defesa rival, apesar da vantagem no placar.

A postura ofensiva, no entanto, era neutralizada pelo goleiro Corona, grande destaque da partida. Ele parou o forte chute de Paulinho, aos 4, e a investida de Liedson, sem marcação dentro da área, dois minutos depois. O atacante completou 12 jogos sem balançar as redes nesta quarta.

Sem conseguir marcar o segundo, o Corinthians ficou em situação mais tranquila com a expulsão de Pinto, aos 25 minutos, após falta em Emerson. O atacante, que substituiu Liedson, deu novo fôlego ao time brasileiro, mas também não balançou as redes.

Continua após a publicidade

Mas depois de desperdiçar suas chances, o Corinthians precisou se segurar na defesa. Na base do desespero, o Cruz Azul partiu para o ataque nos minutos finais e chegou a acertar a trave aos 43, em lance de Vila. Até o goleiro Corona foi para a área tentar o empate.

Melhor em campo, o time brasileiro neutralizou as investidas do rival e, sob os gritos de “olé” da ansiosa torcida, assegurou a segunda vitória na fase de grupos da Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 1 x 0 CRUZ AZUL-MEX

CORINTHIANS – Júlio César; Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex (Elton); Jorge Henrique e Liedson (Emerson). Técnico: Tite.

CRUZ AZUL-MEX – Corona; Flores, Pereira, Mariaca, Cortés; Pinto, Gutiérrez, Castro (Maranhão), Giménez; Perea (Vela) e Omar Bravo (Villa). Técnico: Enrique Meza.

GOL – Danilo, aos 35 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Ralf, Mariaca, Danilo, Emerson, Pereira.

CARTÃO VERMELHO – Pinto.

ÁRBITRO – Martín Vásquez (Fifa-Uruguai).

RENDA – R$ 1.889.112,50.

PÚBLICO – 29.837 pagantes (31.457 no total).

LOCAL – Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Continua após a publicidade

Publicidade