Clique e assine a partir de 9,90/mês

Corinthians vence Atlético-MG e cumpre promessa de ‘tumultuar’

Time paulista derrotou o líder do campeonato por 1 a 0, no Pacaembu

Por Da Redação - Atualizado em 19 Jul 2016, 13h44 - Publicado em 2 Sep 2012, 18h12

Um dia depois de ter completado 102 anos, o Corinthians cumpriu a promessa do lateral esquerdo Fábio Santos e “tumultuou” a briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. Depois de ter empatado com o Fluminense na rodada passada, o Timão venceu o Atlético-MG por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Pacaembu.

Confira a classificação

Antes de enfrentar os dois primeiros colocados do Nacional, o ala corintiano avisou que seu time estava disposto a complicar os adversários e comprovou a teoria. Paulo André marcou o gol que garantiu o triunfo do Timão, mas o Galo segue na liderança do Brasileirão, com 44 pontos, mesmo número do vice Fluminense. O clube mineiro ainda tem um jogo a menos.

Diante de mais de 33.000 corintianos nas arquibancadas, o jogo marcou a comemoração dos 102 anos de fundação do Timão, já que o aniversário aconteceu no sábado. Nos minutos finais, o Corinthians foi pressionado, por conta da expulsão de Emerson. Indignado com o vermelho dado ao seu jogador, Tite também foi excluído. Guilherme ainda teve um gol anulado no fim, por falta no início da jogada, e Junior Cesar também foi expulso ao reclamar.

Continua após a publicidade

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira diante de clubes ameaçados pelo rebaixamento. Às 19h30 (de Brasília), o Atlético duelará com o Bahia, no Pituaçu. Já às 22 horas, o Corinthians joga no Orlando Scarpelli contra o Figueirense.

O jogo – Mesmo diante do Pacaembu cheio de corintianos, o Atlético teve a iniciativa na partida, concentrando suas investidas nos lançamentos de Ronaldinho Gaúcho e na velocidade de Bernard. O jogo ficou nervoso a partir do momento em que Emerson deu um chapéu em contragolpe e foi derrubado por Leandro Donizete, que recebeu cartão amarelo. Nos minutos seguintes, o próprio Sheik foi advertido por reclamação, e Leonardo Silva também levou cartão ao cometer falta dura.

No segundo tempo, a necessidade de buscar o ataque deixou o Atlético desorganizado e fragilizado na defesa, aumentando as jogadas ofensivas corintianas. Cuca, então, tirou Jô para colocar Guilherme, mas seu time seguiu desestabilizado. Danilo cruzou da esquerda para Romarinho, e a zaga tirou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio de Douglas, aos 18 minutos, Paulo André se antecipou na primeira trave e desviou de cabeça para as redes.

O gol deixou o Atlético ainda mais nervoso. Sem alternativa, Cuca tirou o lateral direito Marcos Rocha para colocar o atacante Neto Berola. Apesar das tentativas do treinador, o Atlético seguiu pior em campo, e Ronaldinho perdeu a cabeça ao cometer falta dura, que motivou um cartão amarelo.

Continua após a publicidade

Expulsões – Quando o jogo estava dominado, o Corinthians perdeu Emerson, que já tinha cartão amarelo e recebeu o segundo por um toque de mão na bola. Tite ficou inconformado e também acabou excluído de campo, aos 32 minutos. Antes de deixar o campo, o treinador ordenou a entrada de Edenílson na vaga de Douglas, fechando o time.

Nos minutos finais, o árbitro Péricles Bassols anulou gol de Guilherme, anotando falta na jogada. Junior Cesar ficou inconformado e acabou expulso de campo, já nos acréscimos.

Leia também:

Sem Neymar, Santos perde para o Sport

Continua após a publicidade

São Paulo perde e complica Palmeiras

Com dois gols de Forlán, Inter goleira Flamengo

Botafogo vence e deixa Coritiba perto da zona de rebaixamento

Cruzeiro mantém tabu contra Náutico

Continua após a publicidade

Pelo alto, Ponte Preta afunda o Atlético-GO

(Com Agência Gazeta Press)

Publicidade