Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Corinthians perde um mando de jogo por briga no clássico

Por ter ofendido o árbitro Luiz Flávio de Oliveira ao final da partida no Itaquerão, o volante Souza, do São Paulo, recebeu um jogo de suspensão

Por Da Redação 3 out 2014, 15h13

O Corinthians foi punido com a perda de um mando de jogo pela briga entre duas de suas torcidas organizadas no clássico contra o São Paulo, há duas semanas. Nesta sexta-feira, a quarta comissão disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva anunciou a punição e ainda aplicou uma multa de 50.000 reais ao clube paulista, que ainda pode recorrer da decisão.

Leia também:

Uso de ‘elefantes brancos’ desequilibra o Brasileirão

Antes de treino, Botafogo afasta Sheik e outros três titulares

Na quarta-feira, Atlético-MG e Cruzeiro haviam recebido a mesma punição pela briga entre as duas torcidas no clássico de 21 de setembro, no Mineirão. Com isso, o Corinthians terá de jogar a pelo menos cem quilômetros da capital paulista. A punição não vale para o jogo deste sábado, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. Depois desta partida, o próximo jogo do Corinthians como mandante será contra o Vitória, dia 22.

Gancho – Três jogadores que participaram do clássico paulista também foram julgados nesta sexta-feira. Fábio Santos e Álvaro Pereira, expulsos, pegaram apenas um jogo de gancho – já cumpriram a suspensão automática. Já o meia Souza, recém-convocado para a seleção brasileira, terá de cumprir um jogo de suspensão por ter dado declarações contra o árbitro Luiz Flávio de Oliveira ao final da partida.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade