Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Corinthians: Liedson perde a vaga e nem viaja ao Equador

Depois do goleiro Julio César, o atacante também é barrado da equipe titular

Por Da Redação 30 abr 2012, 07h26

Aos 34 anos, Liedson ainda almeja a renovação por mais três ou quatro temporadas com o Corinthians

O goleiro Julio Cesar não foi o único que perdeu espaço no Corinthians depois da eliminação no Campeonato Paulista. Pior ainda ocorreu ao centroavante Liedson, que sequer viajou com a delegação de sua equipe para o Equador. O técnico Tite levou em consideração o mau momento do atleta para barrá-lo da partida contra o Emelec, quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Após conversa com o treinador, Liedson ouviu que permaneceria em São Paulo para intensificar os treinos durante a semana – seus companheiros embarcaram com destino a Guaiaquil na manhã desta segunda-feira. Willian foi confirmado como titular do ataque, ao lado de Emerson e Jorge Henrique.

“Foi uma opção do treinador. Todo mundo tem de respeitar. O Liedson sabe da importância que tem para a equipe”, comentou Willian, que já havia se mostrado insatisfeito com a reserva (e recebeu reprimenda de Tite na ocasião) no início do ano. “O legal na nossa equipe é que todo mundo luta pelo seu espaço com respeito e humildade. A gente torce um pelo outro.” Willian afirmou que atuará mais centralizado para suprir a ausência de Liedson, autor de apenas três gols em jogos oficiais em 2012. Aos 34 anos, Liedson tem contrato com o Corinthians até 31 de julho e ainda almeja a renovação por mais três ou quatro temporadas. O atacante reclamava constantemente do desgaste físico e das dores nos joelhos no ano passado, quando foi decisivo para a conquista do Campeonato Brasileiro.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade