Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Corinthians joga por vaga na semifinal da Libertadores

"Não tem mágica, não é ser mais macho ou dar mais porrada. É imposição técnica", diz Tite

Por Da Redação - 23 maio 2012, 08h00

O Corinthians pode igualar nesta quarta-feira a sua melhor campanha na história da Copa Libertadores. Se vencer o Vasco, às 22 horas, no Pacaembu, alcançará a semifinal do torneio, o que não ocorre desde 2000, quando foi eliminado, nos pênaltis, pelo rival Palmeiras.

Para alcançar a semifinal, basta um resultado positivo diante do time carioca. Empate sem gols leva a decisão para a disputa de pênaltis. Empate com gols ou derrota garante o adversário entre os quatro melhores.

“Essa é a décima Libertadores do clube, mas a terceira com este mesmo grupo. Isso vai dando maturidade, o time vai tendo uma consciência maior. São 90 minutos para construir uma vitória”, avisou o técnico Tite.

Tabela da Copa Libertadores 2012

Publicidade

A importância do jogo é evidente. O cobiçado título falta na galeria do clube do Parque São Jorge e a torcida, otimista, esgotou todos os ingressos para a partida com antecedência. Mais do que isso: fez um pacto entre todas as organizadas para que os cantos no estádio sejam unificados.

Tite lembra que o time está pronto para o duelo decisivo e que nos últimos anos foi ganhando experiência de Libertadores. “Não tem mágica, não é ser mais macho ou dar mais porrada. É imposição técnica, é ser melhor, esse é o fascínio da bola. A equipe já calejou, é ‘cascuda’, não é mais de principiante. Estamos preparados para enfrentar o Vasco e passar de fase. Depois, vamos por etapas, pois aí é outra conversa”, comentou.

Rivalidade – O treinador sabe que a Fiel aguarda com ansiedade a partida, que terá um esquema forte de segurança por causa da grande rivalidade das uniformizadas dos dois clubes. Tite está otimista e acredita que o grupo está pronto para fazer história.

“A menina dos olhos para todo mundo é a conquista da Libertadores. Para nós também, para os corintianos também. Se for menos de final não adianta, já passamos por isso. O torcedor está na expectativa, sabe da grandeza desta partida e o apoio dele é importante. Temos o privilégio de o torcedor ser assim e contamos muito com ele nesta hora”, disse o técnico.

Publicidade

Ele lembra que a escalação da equipe será a mesma que enfrentou o Vasco no jogo de ida, em São Januário, com Alex tendo uma função importante na criação das jogadas e também com liberdade para preencher o espaço do centroavante, já que Emerson atuará mais pela esquerda e Jorge Henrique mais pela direita.

Corinthians X Vasco

Local: Pacaembu, São Paulo

Horário: 22h00

Publicidade

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Emerson.

Vasco: Fernando Prass, Fagner, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Romulo, Nilton, Juninho (Felipe) e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro.

Publicidade