Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians inicia sua busca pelo bi e por recorde histórico

Equipe joga na Bolívia e tenta estender sua invencibilidade na Libertadores

O adversário do campeão mundial nesta quarta está de volta à Libertadores depois de cinco anos. Em 2008, o San José foi goleado por 7 a 0 pelo Santos

O Corinthians inicia sua caminhada para tentar o bicampeonato da Copa Libertadores da América a 3.702 metros acima do nível do mar – em Oruro, na Bolívia, onde enfrenta o San José em sua estreia na fase de grupos da competição, às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira. O atual campeão do torneio – que está no grupo 5 da competição, que também tem Tijuana e Millionarios, que jogaram na terça, com vitória mexicana – busca também quebrar o recorde de invencibilidade na historia do torneio. Com catorze partidas sem derrota na última edição da Libertadores, o clube paulista está a três de igualar a marca do Sporting Cristal, do Peru, entre as edições de 1962, 1968 e 1969. Os brasileiros ficaram hospedados na cidade de Cochabamba, a 2.558 metros, e vão para o local da partida apenas horas antes do jogo, que será disputado no Estádio Jesús Bermudez.

Os corintianos reconheceram que será difícil para a equipe impor seu futebol na altitude. O atacante peruano Paolo Guerrero e o meia Renato Augusto são dois dos jogadores que já conhecem os perigos desse tipo de partida. O brasileiro, inclusive, contou que teve de usar um balão de oxigênio ao defender o Flamengo contra o Real Potosí, também da Bolívia, em 2007. O Corinthians terá o desfalque do zagueiro Chicão, que está contundido e não viajou para a Bolívia. Com isso, Gil e Paulo André formarão a dupla de zaga. Outro que não embarcou foi o chinês Zizao, que ficou fora da lista de inscritos para a competição. O técnico Tite confirmou a mesma equipe que entrou em campo no fim de semana, no clássico com o Palmeiras. Assim, o trio de ataque formado por Guerrero, Jorge Henrique e Emerson, o mesmo que conquistou o título mundial no final do ano passado, está mantido.

No banco, Tite conta com excelentes opções, como Renato Augusto, Romarinho, e Alexandre Pato. O adversário do campeão mundial nesta quarta está de volta à Libertadores depois de cinco anos. Em 2008, o San José terminou no último lugar do grupo 6, ficando atrás de Cúcuta, Santos e Chivas Guadalajara. No último duelo contra brasileiros, a equipe boliviana foi goleada por 7 a 0 pelo Santos. A equipe também disputou a competição continental em 1992, 1993 e 1996. A melhor campanha da história do clube foi a chegada às oitavas de final. O destaque do time é o experiente atacante Carlos Saucedo. Outro que está confirmado no jogo é o meia brasileiro Marcelo Gomes. Revelado nas divisões de base do Bonsucesso, o jogador está na Bolívia desde 2004.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência EFE)