Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians e Palmeiras ignoram risco futuro e duelam com reservas

O Corinthians chegou à tão sonhada final da Copa Libertadores da América, e o Palmeiras alcançou novamente a decisão da Copa do Brasil. Com as duas torcidas tendo motivos para comemorar, os técnicos Tite e Luiz Felipe Scolari optam por poupar seus principais jogadores no clássico deste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio do Pacaembu.

Enquanto a situação é confortável e empolgante nos torneios que priorizam, os dois rivais vivem momento delicado no Campeonato Brasileiro, pois aparecem na zona de rebaixamento. Nem mesmo a posição na tabela e a rivalidade do Derby fazem os dois treinadores se arriscarem para o confronto deste domingo.

Mesmo na lanterna, o Corinthians seguirá priorizando a busca pelo inédito título da Libertadores. ‘Minha intenção era jogar com titulares, mas não tem jeito’, disse Tite, ao final do empate contra o Santos, que classificou a equipe para a decisão do torneio continental pela primeira vez na história.O primeiro jogo da final do torneio continental será na quarta-feira, diante do Boca Juniors, em Buenos Aires. Já o Palmeiras só entra em campo para encarar o Coritiba no dia 5 de julho, mas a batalha contra o Grêmio deixou sequelas, e Felipão decidiu dar um descanso aos jogadores mais desgastados.

‘Eu também anuncio que, no mínimo, tenho quatro ou cinco jogadores sem condições, como Thiago Heleno, Assunção… Vou observar através dos exames qual o índice de cansaço de alguns jogadores’, ponderou o pentacampeão.

Tite chegou a propor o adiamento do clássico, mas o regulamento exige antecedência de dez dias para solicitar mudança. Sem outro jeito, o treinador mais uma vez levará a campo apenas os jogadores reservas, que, ao contrário do que ocorreu no Paulista, não têm dado conta dos adversários no Brasileiro.

‘Agora a gente pega equipes de nível mais forte e fica difícil de se impor, por causa da engrenagem, da falta de entrosamento. Mas é inevitável botar jogador jovem para jogar. Só que a exigência do Paulista é bastante diferente da do Brasileiro’, admite.

Apesar de ter só suplentes, a formação corintiana terá atrações. A primeira é o zagueiro Paulo André, que voltará a atuar depois de ter feito apenas uma partida oficial na temporada, ainda na estreia do Campeonato Paulista. A outra é Liedson, que reconquistou ao menos a condição de reserva imediato do ataque principal e deixará Elton no banco.No Palmeiras, a expectativa está nos pés de Valdivia, que brilhou ao marcar o gol do empate contra o Grêmio e está relacionado para enfrentar o Corinthians. A esperança da torcida é que o chileno volte a aparecer entre os titulares. Apesar de ter sido citado por Felipão como um dos jogadores cansados, Thiago Heleno também foi convocado para o jogo, mas pode ficar no banco.

Já o lateral direito Cicinho, o volante Marcos Assunção e o atacante Hernán Barcos sequer foram relacionados. Enquanto Tite definiu o time reserva que colocará em campo, Felipão faz mistério na equipe mista, mas o lateral esquerdo Juninho tem esperança de ser escalado. ‘Sabemos da importância desse jogo e da nossa situação no Campeonato Brasileiro. As duas equipes precisam pontuar e espero que a gente consiga’, afirmou.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X PALMEIRAS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 24 de junho de 2012, domingo

Horário:16 horas (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

CORINTHIANS:Julio Cesar; Welder, Wallace, Paulo André e Ramon; Marquinhos, Willian Arão e Douglas; Romarinho, Willian e Liedson

Técnico: Tite

PALMEIRAS:Bruno; Artur, Maurício Ramos, Thiago Heleno (Román) e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, João Vitor e Valdivia; Mazinho e Betinho (Maikon Leite)

Técnico:Luiz Felipe Scolari